(Fonte da imagem: Reprodução/Polygon)

O exército norte-americano está em busca de novas tecnologias para video games capazes de serem integradas em programas de treinamento virtual para militares, segundo informações da National Defense Magazine. De acordo com Brian Waddle, vice-presidente de vendas e marketing da desenvolvedora Havok, os soldados não levam os games atuais a sério porque “eles não parecem tão realistas quando jogados na sala de casa”, explica.

Além disso, o exército atualmente promove uma competição entre desenvolvedoras para encontrar um substituto para o Virtual Battlespace 2, software da Bohemia Interactive utilizado no programa de treinamento dos soldados. As propostas começaram a ser enviadas em outubro do ano passado e o novo jogo escolhido deve ser anunciado em março ou abril deste ano.

Neste mês, a Marinha norte-americana anunciou o fechamento de três contratos no valor de US$ 100 milhões cada para desenvolvimento de softwares de treinamento virtual, com foco em manutenção de navios e submarinos. Os novos softwares deverão rodar na CryEngine 3, da Crytek, que foi previamente licenciada para outros programas militares.

Cupons de desconto TecMundo: