(Fonte da imagem: Reprodução/Marinha dos Estados Unidos)

Há mais de 50 anos, a Marinha dos Estados Unidos utiliza os serviços de golfinhos e leões marinhos para encontrar e, até mesmo, desativar minas subaquáticas. Os animais conseguem ser bem treinados e eficazes nas suas tarefas, mas, mesmo assim, devem ser “aposentados” em 2017.

A Marinha americana anunciou que pretende substituir os animais por veículos não tripulados, que podem trabalhar até 16 horas sem parar. Os veículos também poderão desarmar as minas mais complexas, um serviço que há tempos é delegado a mergulhadores.

Golfinhos aposentados

Segundo a Marinha americana, a escolha pela troca da maneira como as minas subaquáticas serão detectadas e desativadas se deu por causa dos valores para a criação e treinamento dos golfinhos e leões marinhos.

O Capitão Frank Linkous disse à BBC que, mesmo após a implementação dos veículos não tripulados em 2017, o serviço de golfinhos ainda pode ser requisitado, devido ao fato dos sonares dos animais serem mais poderosos do que o das máquinas.

O Capitão também revelou que os animais que serão “aposentados” não ficarão desamparados, já que receberão uma pensão para serem tratados até o fim de suas vidas, pois seria a coisa "mais humana a se fazer". Nada mais justo depois de vários anos de serviço, não é mesmo?

Cupons de desconto TecMundo: