Quem é fã de carros certamente já deve ter ouvido falar da aclamadíssima série Top Gear, bem como provavelmente sabe de todos os problemas que quase a levaram ao seu fim. Se você está sabendo disso, por sua vez, é possível que tenha ficado animado com a volta do apresentador original do programa na novíssima série The Grand Tour, feita pela Amazon.

O que a gigante das entregas provavelmente não esperava, no entanto, era que houvesse um número tão grande de fãs interessado em assistir o novo programa – mas que boa parte deles não estivesse disposta a desembolsar os 100 dólares para ter uma anuidade na Amazon Prime e ver a série legalmente. Como resultado, os três primeiros episódios de The Grand Tour teriam quebrado recordes de pirataria.

Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond saíram de Top Gear, mas voltaram com tudo em The Grand Tour

De acordo com números trazidos pelo site Daily Mail, o primeiro, segundo e terceiro episódio do programa teriam alcançado nada menos do que 7,9 milhões, 6,4 milhões e 4,6 milhões de downloads ilegais, respectivamente. Segundo Chris Elkins, diretor comercial da analista de indústria Muso, isso fez de The Grand Tour o “programa mais baixado ilegalmente até hoje”.

Sim, ele passou para trás até mesmo outros gigantes da pirataria, como Game of Thrones; algo que é “absolutamente incrível” para Elkins, por ser “fora da escala em termos de volume”. “Ele ultrapassou cada grande show, incluindo Game of Thrones, nos totais através de diferentes plataformas”, explicou o diretor comercial.

Muitos prejuízos para a Amazon

Como muitos já devem imaginar, o prejuízo causado por isso é igualmente enorme: a Amazon teria perdido 3,2 milhões de libras esterlinas em receita só na Grã-Bretanha (responsável por 13,7% dos downloads e maior responsável pela pirataria da série até agora) com o primeiro episódio da série. Imagina então o “estrago” calculando todos os outros episódios ao redor do mundo.

Ao menos, apesar dos prejuízos, a Amazon não parece tão desanimada. “The Grand Tour se tornou a maior première de um programa até agora no Amazon Prime Video, quebrando recordes ao redor do mundo”, declarou a companhia frente às alegações.

Cupons de desconto TecMundo: