Se você tentar parar para pensar quais seriam as empresas dispostas a participar de um evento cujo propósito é repensar a mobilidade urbana, o natural seria não acreditarmos que as fabricantes de carros estariam muito interessadas em contribuir. Afinal, vários dos conceitos que vemos sobre a reinvenção dos sistemas de transporte nas cidades grandes parece passar de alguma forma pela redução do uso de carros de maneira individual.

No entanto, a Ford parece disposta a mostrar que as coisas não são bem assim e compareceu com seu próprio estande na Virada da Mobilidade de São Paulo, que rolou entre os dias 17 e 23 de setembro. Além de usar o espaço para apresentar oficialmente o seu novo Fusion Hybrid 2017 pela primeira vez na região Sudeste do país, a empresa mostrou que está disposta a se envolver e colaborar com o debate.

A Ford exibiu o tecnológico Fusion Hybrid 2017 em seu espaço na Virada de Mobilidade de São Paulo

“Sabemos que o uso do automóvel é um dos principais desafios da mobilidade e queremos participar ativamente da proposta de soluções. Acreditamos que essa solução não está pronta nem é única, mas, com certeza, a Ford fará parte dela”, afirma Luciano Driemeier, gerente de marketing da companhia na América do Sul e integrante de seu Comitê de Mobilidade.

O caminho é somar, não subtrair

Com o avanço de novos sistemas de organização do transporte público e estímulos ao uso de bicicletas e veículos compartilhados, muitas pessoas parecem chegar à impressão de que é necessário eliminar os carros da equação para resolver os problemas do trânsito. Segundo os representantes da Ford e da Virada, no entanto, a solução para a mobilidade urbana não pode ser encontrada em um pacote fechado.

A Ford tem iniciativas no mundo inteiro para buscar inovações na área

“Não existe um meio ‘enlatado’ de enfrentarmos isso. É na integração entre os diferentes modais que está o caminho”, pontuou Driemeier. A fim de se tornar mais do que apenas uma fabricante de veículos, a empresa estruturou o plano Ford Smart Mobility justamente para mergulhar de cabeça nessa transformação – e isso envolve estar em um evento como a Virada.

A estratégia global da Ford atualmente conta com uma série de iniciativas. Um dos exemplos aqui é o FordPass, uma plataforma de serviços voltada para facilitar a vida dos motoristas, a qual foi lançada nos EUA e deve ser expandida para outros países. Na área de compartilhamento de carros, a companhia tem os programas Ford Carsharing (na Alemanha), GoDrive (Reino Unido) e CarAmigo (Bélgica). A fabricante também inaugurou um novo laboratório de inovação em Palo Alto, no Vale do Silício estadunidense, e vem investindo em empresas de tecnologia e startups.

A empresa vem investindo em soluções de mobilidade pelo mundo inteiro

Por aqui também tem

No Brasil, a Ford vem atuando por meio da participação na Campus Party desde 2013 – incluindo a edição recente, em Recife. No ano passado, a companhia organizou o Desafio São Paulo de Mobilidade, convidando desenvolvedores a criar aplicativos para melhorar o trânsito na cidade com a integração de diferentes meios de transporte – nós estivemos na entrega do prêmio, como você pode conferir neste link.

Além disso, a fabricante deu início a uma experiência de compartilhamento de frota na sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP). Por meio desse projeto-piloto, os funcionários podem alugar os carros da empresa durante os fins de semana e feriados.

Quatro New Fiesta 1.0 EcoBoost foram usados no Desafio Multimodal do evento

Recentemente, a companhia forneceu quatro New Fiesta 1.0 EcoBoost como parte do Desafio Multimodal da Virada da Mobilidade de São Paulo. Os veículos e vários outros tipos de transportes foram oferecidos para que pessoas em regiões distintas da área metropolitana conseguissem chegar à Avenida Paulista. O objetivo aqui era mostrar que, com a oferta de diferentes meios de locomoção, cada cidadão pode usar uma combinação de modais que facilite o deslocamento de acordo com as suas próprias necessidades.

Dos debates aos carros autônomos

Na Virada, a Ford também montou um miniplanetário onde projetou um vídeo em 360 tratando justamente dos desafios atuais do deslocamento nas grandes cidades – e destacando as próprias iniciativas mundiais nesse sentido, que envolvem o já citado plano Ford Smart Mobility e outros três pilares. O primeiro deles é o foco na conectividade de seus veículos, algo que a empresa vem desenvolvendo em seu sistema Sync.

Essa questão, aliás, também está relacionada a outro dos pontos de destaque da fabricante, que é o processamento de dados. Com veículos mais conectados e inteligentes, os usuários poderão escolher compartilhar dados com a empresa para que ela consiga contribuir ativamente na melhoria da integração entre as várias modalidades de transporte.

A Ford tem planos de iniciar a produção em série de veículos autônomos já em 2021

Por fim, o quarto pilar é o empenho da empresa em viabilizar carros totalmente autônomos e confiáveis, algo que ela vem fazendo por meio de melhorias graduais em seus sistemas semiautônomos atuais e por testes extensivos de novas tecnologias de automatização. Recentemente, o CEO da Ford revelou que a companhia vai iniciar a produção em série de veículos autônomos sem volante ou pedais já em 2021 – clique aqui para saber mais.

Na ocasião do evento, o TecMundo teve a chance de gravar uma série de vídeos curtos mostrando um pouco do espaço que a Ford preparou para a Virada da Mobilidade e exibindo um pouco do Fusion Hybrid 2017. Você pode conferir tudo no nosso perfil oficial no Snapchat, que pode ser encontrado pelo nome tec_mundo ou por meio do snapcode a seguir – mas veja logo, pois as postagens somem após 24 horas e estivemos por lá na manhã de quinta (22).

Snapchat: tec_mundo

Cupons de desconto TecMundo: