Modos personalizados de leitura de digitais poderão ser configurados (Fonte da imagem: Reprodução/KDDI)

O mecanismo de leitura de impressões digitais tem se popularizado no mundo dos gadgets. O iPhone 5S, por exemplo, promete o céu a seus usuários ao oferecer um sistema de travamento, em tese, mais seguro (mamilos ou até mesmo a pata de um gato podem ser lidos biometricamente pelo aparelho da Maçã). Eis, então, que a Fujitsu, uma das maiores empresas de tecnologia do Japão, anunciou seu próprio tablet equipado, naturalmente, com um leitor de impressões digitais (sim, no plural).

Acontece que no FJT21, nome do vindouro portátil japonês, múltiplos usuários poderão ativar os serviços do gadget por meio de um simples tocar na tela. Além disso, o sensor biométrico do tablet poderá ser configurado de acordo com as necessidades de cada pessoa – permitindo ou não o acesso a determinados recursos do sistema a certos usuários. Acompanhe a seguir algumas das especificações técnicas de FJT21:

  • Display LCD de 10,1 polegadas;
  • Resolução máxima de 2.560p X 1.600p;
  • Sistema operacional: Android 4.2 (com suporte a usuários múltiplos);
  • Processador Snapdragon 800 de 2,2 GHz;
  • Câmera traseira de 8 megapixels; frontal de 1,3 megapixels e
  • Expansão para até 64 GB de armazenamento.

O tablet FJT21 será lançado às prateleiras do mercado japonês em novembro. Informações quanto ao preço e acerca de países ocidentais que poderão receber cópias do aparelho não foram, até o momento, divulgadas. É preciso notar, conforme comenta Jon Fingas, redator do site Engadget, que esse portátil dificilmente chegará aos EUA. Será que este mobile chega ao Brasil?

Cupons de desconto TecMundo: