A companhia Skidmore, Owings & Merrill (SOM) apresentou recentemente uma estrutura feita por impressão 3D capaz não somente de gerar sua própria energia elétrica, mas também de compartilhá-la com um veículo híbrido. Feita com o objetivo de fornecer um modelo sustentável para quem deseja viver de forma isolada, a novidade é fruto de uma parceria entre a empresa de arquitetura e o Oak Ridge National Laboratory do Departamento de Energia dos Estados Unidos.

O projeto foi desenvolvido como um protótipo para uma iniciativa chamada Energia Integrada de Manufatura Aditiva (AMIE, na sigla em inglês), que busca incentivar novas formas de abordar questões de geração, armazenamento e uso de eletricidade. Segundo a SOM, a “casa” resultante é a maior estrutura de polímeros impressa em 3D, com 11,6 metros de comprimento, 3,7 metros de largura e outros 3,7 metros de altura.

Feita com cerca de 80% de painéis opacos e 20% de envidraçados, a novidade tem uma estrutura reforçada, isolamento térmico e proteção contra umidade. Painéis solares estão espalhados pelo teto e fornecem energia para uma bateria localizada abaixo da “casa”, fornecendo energia elétrica limpa durante as noites.

Pioneirismo sustentável

Além da estrutura propriamente dita, a novidade inclui um veículo desenvolvido pelo laboratório Oak Ridge utilizando as mesmas tecnologias. Além do carro usar seu sistema elétrico híbrido para gerar energia, ele e a “casa” podem compartilhar força um com o outro sem usar qualquer tipo de conexão física.

Para isso, a estrutura e o automóvel contam com mecanismos que permitem transmitir e receber energia por meio de campos eletromagnéticos. “O projeto é pioneiro no compartilhamento wireless de eletricidade em duas vias entre um veículo feito por impressão 3D, a rede energética e as células fotovoltaicas inseridas na construção”, afirmou a SOM.

O projeto sustentável foi apresentado pela companhia durante o International Builders’ Show, que aconteceu em Las Vegas entre os dias 18 e 21 de janeiro. Por enquanto, ainda não há qualquer previsão sobre a disponibilidade para compra ou o preço da novidade.

O que você achou da “casa” sustentável e do carro elétrico feitos por impressão 3D? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: