A Microsoft definiu o alvo a ser batido com o lançamento do Surface Pro 3: o MacBook Air, da Apple. E em três novos comerciais, a empresa revela as principais vantagens de adquirir o híbrido da companhia ao invés do ultrabook da concorrente.

Entre os destaques apresentados nos comerciais estão a tela touchscreen, a caneta que pode ser usada para tocar, escrever e desenhar na tela, e o teclado destacável que permite alternar entre as funções de tablet e notebook. A empresa também compara o fato de ambos os produtos possuirem configurações de hardware semelhantes.

O Surface Pro 3 foi lançado nos Estados Unidos no dia 20 de junho e deverá chegar a 25 novos países no dia 28 de agosto (O Brasil e todos os países da América Latina estão fora da lista). O dispositivo pode ser adquirido em cinco opções de configurações diferentes, desde um Intel i3 com 64 GB de memória, até um Intel i7, com 512 GB de memória.