Quando um novo aparelho é disponibilizado no mercado, o site iFixIt corre para desmontá-lo — e não foi diferente com o Surface 3 Pro, o mais novo tablet da Microsoft. Mas o que deveria ser uma tarefa divertida e curiosa mostrou-se um problema, já que o gadget não é nada fácil de ser analisado em seu interior.

O Surface 3 recebeu nota 1 em um máximo de 10, sendo considerado dificílimo de ser reparado sem causar a perda total do gadget se for necessário trocar alguma peça interna.

Os problemas são vários: para começar, o SSD até pode ser retirado, mas só abrir o aparelho para fazer isso já é algo arriscado, pois danos permanentes podem ser causados.

A bateria não é soldada à placa-mãe, mas adesivos muito fortes e em alta quantidade fazem com que o processo de remoção seja longo e perigoso. Os conectores escolhidos não são convencionais e também dificultam o trabalho.

A tela foi bastante elogiada, mas a história é a mesma: a remoção é difícil e o display pode estragar facilmente com um movimento brusco feito de forma errada. Na galeria, você confere um pouco do processo de desmontagem. A análise completa está disponível neste link.

Cupons de desconto TecMundo: