A Microsoft lançou, no último dia 6, outra série de comerciais em provocação à Apple. Os vídeos da vez, também sob os moldes dos que promovem o Windows 10 (relembre), colocam o fotógrafo Tim Flach no papel de “carrasco”. O artista demonstra alguns dos recursos do Microsoft Surface Book em funcionamento e, ao final da publicidade, diz: “eu não posso fazer isso no meu Mac”.

A alfinetada viria a calhar se um paralelo não pudesse ser traçado entre o Microsoft Surface Book e o iPad Pro (que pode ser acoplado também a um teclado e suporta comandos através da Apple Pencil). As novas propagandas da companhia fundada por Bill Gates destacam a resolução da tela de 13 polegadas, de 3000x2000 pixels, e a versatilidade do computador híbrido com Windows 10. O MacBook Pro, vale lembrar, tem 13 polegadas e resolução de 2560x1600 pixels.

É claro que o Surface Book conta com uma versão do sistema operacional da Microsoft para computadores (o iPad Pro roda o iOS, e não o Mac OS X, como o MacBook Pro). Ainda assim, a investida da Microsoft pode quase sair pela culatra se os aspectos mencionados pela publicidade forem emparelhados ao iPad Pro (cujo display de 12,9 polegadas conta com generosos 2736x1824 pixels).

...

Microsoft Surface Book, iPad Pro ou MacBook Pro? Qual dispositivo conta com os recursos mais atrativos? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: