A difusão do acesso à internet e a disponibilidade de conteúdos variados fez com que o streaming de conteúdos se tornasse mais popular que as redes de TV aberta da América Latina. É o que revela uma pesquisa conduzida pela empresa de pesquisas ComScore, que também avalia a popularidade de sites da rede mundial de computadores.

Entre os brasileiros entrevistados, 73% afirmaram ver redes aberta, enquanto 82% acessam conteúdos online sob demanda. Na América Latina em geral, os números são de 70% e 81%, respectivamente — prova de que a televisão está seguindo por um caminho semelhante à indústria da música.

“É uma confirmação do que vínhamos observando há algum tempo”, afirma Gaston Turatuta, presidente-executivo da IMS, companhia que tem como clientes nomes como Crackle e Vevo. “E os anunciantes investem seu dinheiro de maneira errada [ao pagar por tempo na TV]”, complementa.

A pesquisa conduzida pela ComScore entrevistou 8.376 pessoas por mensagens de email entre os dias 2 e 10 de setembro deste ano. Segundo Taratuta, a importância dos vídeos online contrasta com o acesso restrito à internet da América Latina, região que deve crescer nesse sentido nos próximos anos, especialmente no que diz respeito no número de acessos a partir de smartphones.

Você ainda costuma assistir à TV aberta? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: