Os programas e serviços de streaming praticamente acabaram com todo e qualquer gerenciador/tocador de músicas, por mais que tenham sido muito populares. E isso inclui, infelizmente, o saudoso Winamp, que estava com a luz no fim do túnel quase apagada e teoricamente encerraria suas atividades no último dia 21 de dezembro.

Os saudosistas certamente se lembram do popular tocador e gerenciador de MP3, que estacionou no tempo após o surgimento dos zilhões de serviços de streaming e a facilidade no acesso a esse tipo de arquivo. Quando o Winamp estava pertinho de declarar seu fim, a luz no fim do túnel ressurgiu: o tocador foi comprado pelo serviço Radionomy, que adquiriu os direitos do programa de seu antigo proprietário, AOL, junto com o Shoutcast, um serviço de broadcasting de rádio pela internet cujos direitos também já pertenceram à AOL.

Os detalhes da negociação não foram divulgados publicamente. O veículo belga De Tijd reporta que a AOL pegou uma fatia na aquisição como parte da negociata.

Usuários teriam percebido antes

A confirmação de que o Winamp foi comprado pelo serviço Radionomy veio a público após alguns usuários do fórum oficial do Winamp terem percebido que as entradas DNS para o domínio winamp.com foram alteradas para os servidores da própria Radionomy no mês passado.

Sobre o Radionomy

O Radionomy é um serviço lançado no final de 2012 e surgiu em caráter gratuito, sendo utilizado para gerar estações de rádio online. O serviço tem cerca de 6 mil estações de rádio programadas por usuários e mais ou menos 13 milhões de ouvintes.

Em entrevista ao mencionado veículo De Tijd, o proprietário da Radionomy, Alexandre Saboundjian, disse que acredita que a quantidade de usuários do serviço “vai aumentar num fator de 5 para 10” graças à aquisição.

Apps do Winamp a caminho para iOS e Android

Para ajudar a atingir esse ousado patamar, a companhia está desenvolvendo novos apps do Winamp para iOS e Android. Os aplicativos devem ser lançados até o final deste ano.

Vida longa ao Winamp!

Cupons de desconto TecMundo: