Após passar 30 anos enterrado, um pedaço importante da história da tecnologia foi finalmente descoberto por escavadores. Usado por Steve Jobs durante a Conferência Internacional de Design de Aspen em 1983, o primeiro mouse do computador Lisa foi guardado junto a outros itens doados pelos participantes de um evento em um objeto que ficou conhecido como a “Cápsula do Tempo de Aspen”.

Embora a existência da caixa (que se popularizou com o nome “Cápsula do Tempo de Steve Jobs”) fosse conhecida e houvesse a intenção de retirá-la do solo, havia um grande problema que evitava a realização dessa ação: ninguém sabia onde ela estava enterrada. É por esse motivo que sua descoberta e recuperação recente se mostram um fato tão importante, já que isso marca o fim de anos de expectativa e especulações.

O plano original era recuperar a cápsula em 2010, objetivo que teve que ser adiado graças à realização de um grande projeto urbano ao redor da área onde o objeto supostamente estava. A caixa foi localizada com a ajuda do programa “Diggers” (escavadores, em uma tradução livre) do National Geographic Channel, que descobriu o local exato do tubo em setembro de 2013.

“Nós simplesmente ficamos espantados”, afirmou ao CNET o apresentador George Wyant na época em que o objeto foi descoberto. “Ficamos loucos. Eu estava com esse vazio em meu estômago o dia inteiro e isso serviu como uma espécie de alívio instantâneo para a situação”, complementou.

Cupons de desconto TecMundo: