AmpliarPara assistir ao vídeo, basta clicar aqui. (Fonte da imagem: Reprodução/Funny or Die)


No início do mês, comentamos que o grupo Funny or Die estava produzindo um filme sobre a vida de Steve Jobs, mas com uma pegada muito mais voltada à comédia — tanto que até mesmo um trailer foi liberado na época para deixar esse tom bem claro. E, depois de muita espera, iSteve chega à internet para mostrar que a vida de um dos principais nomes da tecnologia não precisa ser sempre levada a sério.

A produção é considerada a maior já feita pelo grupo. Com quase 80 minutos de duração, o projeto chama a atenção pela caracterização do ator Justin Wong como Steve Jobs, principalmente por conta do ótimo trabalho na hora de reproduzir elementos visuais e comportamentais do fundador da Apple.

Em iSteve, vemos um Steve Jobs inseguro, se preparando para começar uma de suas famosas apresentações de produtos, quando é questionado por alguém sobre sua história. É a partir desse ponto que ele leva o espectador para conhecer a família Jobs e sua jornada até se transformar no ícone que todos conhecemos — ou quase isso.

(Fonte da imagem: Reprodução/Funny or Die)

Mas como estamos falando de uma produção satírica feita por um grupo chamado Funny or Die, não podemos esperar nada muito fidedigno ou mesmo sério. Tanto que, logo na primeira cena, temos o diálogo em que Jobs tenta explicar a um guru oriental o que é um computador. Alguém já imaginou que as ideias de apresentar a tecnologia de modo simples e o símbolo da Maçã vieram de uma cartela de ácido asiática?

Pois isso é apenas um pequeno pedaço daquilo que o filme apresenta. iSteve ainda conta com a presença de Jorge Garcia — o Hurley de “Lost” —, que interpreta o amigo de Jobs e também cofundador da Apple, Steve Wozniak.

O melhor de tudo é que o filme foi disponibilizado online na íntegra e totalmente de graça. Portanto, para assisti-lo, basta acessar a página do Funny or Die e se divertir.

Outros filmes

No entanto, iSteve não é a única cinebiografia de Steve Jobs. Além da produção da Funny or Die, há outros projetos mais sérios em andamento, como o polêmico jOBS, estrelado por Ashton Kutcher. O longa-metragem tinha previsão de estreia para este mês de abril, mas foi adiado e a nova data não foi confirmada.

A Sony também anunciou que vai levar a vida do pai da Apple para as telonas. Inspirado no livro de Walter Isaacson, o filme ainda está em processo de pré-produção e não tem previsão de chegar às salas de cinema. A única confirmação é que seu roteiro está sendo escrito por Aaron Sorkin, indicado ao Oscar pela adaptação de “A Rede Social”.

Cupons de desconto TecMundo: