(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

A casa de Steve Jobs foi assaltada no mês passado e diversos pertences do cofundador da Apple foram roubados, em um valor total de 60 mil dólares. Kariem McFarlin invadiu a residência de Jobs em Palo Alto no dia 17 de julho e, de acordo com a polícia, furtou vários objetos, incluindo iPods, jóias e a carteira de Steve.

Além disso, McFarlin roubou dois iPads, sendo que um deles foi dado a sua filha e o outro a uma pessoa chamada Kenneth Kahn, conhecido como Kenny, o palhaço. Kahn não fazia ideia de que estava com um produto que pertencia a Steve Jobs até o dia 2 de agosto, quando McFarlin foi preso e o dispositivo finalmente foi devolvido à família de Jobs.

Presente grego

O palhaço Kenny disse ao site de notícias Mercury News que a situação era completamente bizarra. Ele, que já foi candidato a prefeito de São Francisco, estava usando o aparelho como parte de sua rotina diária para ouvir músicas (basicamente usando-o como um iPod).

Kenny também relatou que ainda não tinha se dado conta da gravidade do que havia ocorrido com ele. “Se essa situação não fosse tão trágica, seria cômica”, definiu.

Fonte: Mercury News

Cupons de desconto TecMundo: