Todo mundo tem aquele amigo que resmunga por aí que não tem nada para jogar no PC ou no video game. Se você conhece alguém com esse perfil, talvez seja a hora de apresentá-lo ao ousado SteamOS. Baseado no Linux, o sistema operacional criado pela Valve foi lançado em beta no final de 2013 e se revelou como uma aposta pesada da empresa para concorrer com os consoles de ponta e o próprio Windows. Agora, com pouco mais de um ano de existência, a plataforma bateu a marca de mil jogos no catálogo – sem previsão de parar de crescer.

É interessante pensar que o Linux nunca foi considerado uma plataforma para games, já que as distribuições eram muitos fragmentadas e diferentes entre si. O próprio Steam só começou a adicionar títulos para o sistema do pinguim no comecinho de 2013, disponibilizando pouco menos de 50 produtos. Por causa disso, muita gente torceu o nariz quando a companhia de Gabe Newell finalmente revelou que uma de suas empreitadas mais ousadas teria como base o Linux e seria dedicado exclusivamente para jogos.

Hoje em dia, passado algum tempo desde o anúncio, é possível ver que a escolha do software base foi bastante acertada por parte da Valve. A prova disso é que entre esses mais de mil títulos, estão game para todos os gostos e idades, indo de título blockbusters de grandes desenvolvedoras até a produções que exploram toda a criatividade e liberdade dos indies. Outro ponto bacana é que se DLCs e expansões entrarem na conta, o catálogo atual do SteamOS pode chegar perto de dois mil produtos.

Claro que a empresa não se limitou a disponibilizar uma longa lista de jogos, e se prepara para lançar as tão aguardadas Steam Machines. As peças são nada mais, nada menos que máquinas parrudas voltadas especificamente para o entretenimento do gamer. São diversos modelos feitos em parceria com algumas das gigantes do mundo do hardware, oferecendo opções de qualidade para os consumidores. Recentemente o TecMundo fez uma compilação com 15 dessas belezinhas, na qual é possível conferir configurações e, claro, preços.

E aí, já deu sua chance para o SteamOS? Pretende comprar uma Steam Machine no futuro? Não esqueça de deixar seu comentário mais abaixo e visite a matéria na qual fizemos uma análise inicial do sistema operacional da Valve.

Cupons de desconto TecMundo: