A Steam implementou no final do ano passado travas de região para evitar que jogadores comprassem jogos a preços muito baixos de países com moedas desvalorizadas, conforme noticiamos aqui. Agora a plataforma acaba de adotar uma nova medida restritiva.

Você só pode receber, ativar e jogar um título recebido de presente de alguém que viva na mesma região que a sua. Se você viajar para outro país, só poderá aproveitar o game que recebeu quando retornar para sua pátria. Essas regras se aplicam a países do Leste Europeu, Sudeste Asiático, América do Sul (sim, o Brasil também está nessa) e algumas outras regiões.

A razão disso provavelmente é a mesma da trava de região: evitar que se compre (nesse caso através de um terceiro) um jogo muito mais barato em outro mercado que esteja com a moeda em baixa. Quando se tenta ativar um jogo enviado por outra pessoa, uma mensagem semelhante à da imagem abaixo surge, avisando em que nações será possível usufruir do título.

Relatos de alguns usuários da Steam dizem que as restrições estão funcionando retroativamente em relação às travas de região instituídas em dezembro, ou seja, se você comprou um jogo depois que o bloqueio passou a valer, só poderá dá-lo de presente para os seus “vizinhos”. As novas regras estão afetando até mesmo CD-keys adquiridas nos países bloqueados.

É possível contornar as novas restrições com o uso de um VPN. No entanto, conforme o texto na imagem acima, fazer algo assim é uma clara violação do acordo de utilização da Steam e pode ter consequências, caso descoberto.

Jogos comprados e ativados pela mesma conta não parecem ter sido afetados pelas restrições, então ainda é possível adquirir games em um local e jogá-los em outro. Como de costume, a Valve não anunciou nada a respeito dessas medidas antes de colocá-las em prática.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: