Como você já deve ter reparado, Star Wars está por toda a parte! O hype criado em torno do lançamento do novo episódio da saga, “Star Wars – Episódio VII: O Despertar da Força” dominou praticamente todos os veículos de mídia, especialmente a internet. E como de coisa boa a gente nunca se cansa de falar, vamos pensar um pouco em toda a tecnologia que existe no universo da franquia criada por George Lucas.

Quando o primeiro filme – “Star Wars – Episódio IV: Uma Nova Esperança” – chegou aos cinemas no distante ano de 1977, ele deixou de queixo caído os admiradores dos avanços nos efeitos especiais no mundo da Sétima Arte. A película também deixou impressionados os fãs de ficção científica, que tinham diante de seus olhos todo tipo de tecnologia e dispositivos futuristas com os quais apenas sonhavam.

Ainda assim, tudo aquilo, mesmo tendo acontecido “há muito tempo atrás em uma galáxia muito, muito distante”, ainda não estava nem perto de existir no mundo real. Espadas e pistolas a laser, viagens na velocidade da luz, veículos flutuantes, membros biônicos, comunicação através de hologramas, tudo parecia um suspiro em um distante e pouco provável futuro, apesar de todo o avanço trazido pela corrida espacial entre Estados Unidos e União Soviética.

Mais de 38 anos após a primeira edição da saga chegar às telonas, vamos ver quais as principais tecnologias mostradas nos filmes já existem no mundo real:

1 - Androides inteligentes

A robótica deu largos passos nas últimas décadas e seus resultados são impressionantes. É claro que ainda não temos androides fluentes em mais de seis milhões de idiomas, como C-3PO, mas a humanidade já foi capaz de produzir robôs com grandes habilidades como o adorável Pepper, que possui uma inteligência emocional sem igual.

2 - Hologramas

A mensagem enviada pela Princesa Leia através de R2-D2 para Obi-wan Kenobi impressionou muita gente e deixou todos morrendo de vontade de poder enviar um recado daquela maneira também. Anos depois, podemos usar hologramas para muitas coisas, como reviver uma estátua de Buda destruída no Afeganistão ou replicar outras imagens menores através de câmera e projetores relativamente simples.

3 - Próteses biônicas

Após o confronto que marca o clímax do filme “Star Wars – Episódio V: O Império Contra-ataca”, o herói Luke Skywalker perde sua mão direita em combate com seu pai, Darth Vader (Spoiler alert?). Logo em seguida, ele é resgatado por seus amigos na Millennium Falcon e tem sua mão substituída por uma prótese como se aquilo fosse a coisa mais normal e simples do mundo. Hoje em dia, o procedimento pode não ser tão comum, mas existem próteses capazes de simular o movimento de membros com uma precisão impressionante.

4 - Sabres de Luz

Essa talvez seja uma das tecnologias mais difíceis de serem replicadas no mundo real. A teoria por trás de como funciona um Sabre de Luz no universo Star Wars é muito interessante, mas talvez não faça muito sentido quando colocada em prática. Ainda assim, um grande fã da saga resolveu criar um Sabre de Luz quase igual aos dos filmes e que causa danos consideráveis em materiais mais frágeis.

5 - Speeders

As perseguições que envolvem stormtroopers, membros da Aliança Rebelde e os Ewoks em Endor – durante o clímax de “Star Wars – Episódio VI: O Retorno de Jedi” – deixaram muita gente sonhando com motos flutuantes que podem ser pilotadas sobre o chão sólido e com uma rapidez impressionante. Pois já é possível pilotar um veículo como aqueles, parecido com uma moto, mas que não toca o chão. É claro que ainda falta muito para esse speeder ter o desempenho daqueles que vemos no filme, mas já é um ótimo começo.

Qual a sua tecnologia favorita de Star Wars? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: