A SpaceX, comandada por Elon Musk, teve sucesso ao relançar o foguete Falcon 9 para órbita e trazê-lo para a Terra em segurança. Foi a primeira vez na história que uma agência espacial cumpriu uma missão desse tipo.

15 anos de trabalho para conseguir esse feito

Relançar foguetes abre um novo espectro para as agências espaciais: a capacidade de reutilizar tanto veículos quanto materiais, deixando os custos de missões mais baixos. Caso você não saiba, o Popular Science notou que um lançamento espacial realizado pela SpaceX custa em torno de US$ 62 milhões, cerca de R$ 195 milhões — e Elon Musk declarou que os "foguetes reutilizáveis" podem baixar esse valor em 30%, caindo para US$ 44 milhões (R$ 138 milhões).

"Foram 15 anos para chegarmos a esse ponto. Eu estou sem palavras. Foi um ótimo dia para a SpaceX e para a exploração espacial como um todo", declarou Musk sobre o marco. O CEO da Space X e da Tesla ainda comentou que a próxima meta da SpaceX é realizar os relançamentos em até 24 horas.

O lançamento da Falcon 9 reutilizada serviu para colocar um satélite de telecomunicação em uma órbita de transferência geoestacionária (GTO) para o operador de satélites SES. O SES-10 vai proporcionar uma conectividade melhorada em toda a América Latina e será um dos maiores satélites que atendem a região.

Falcon 9

Cupons de desconto TecMundo: