Desde o começo de 2015, ganharam força os rumores de que a Sony ia abandonar a fabricação de smartphones, tal qual fez com a produção de computadores VAIO. No entanto, a companhia negou que esse esse seja o caso e que está preparada para trazer aparelhos ainda mais eficientes.

Quem afirma isso é o gerente geral da Sony Mobile em Taiwan, Jonathan Lin, que disse ter conversado diretamente com o CEO da divisão, Hiroki Totoki, sobre o assunto. “A Sony Mobile vai oferecer celulares com telas melhores, câmeras aprimoradas e com maior eficiência energética para permitir uma experiência de uso superior”, afirmou na conferência de imprensa que marcou o lançamento do Xperia Z5 Premium no país.

Atualmente, pode-se argumentar que o problema que a Sony enfrenta na área é a falta de prestígio, visto que seus produtos conseguem competir no mesmo nível que aqueles produzidos por concorrentes como Samsung e LG. Também não ajuda a tendência da companhia de investir muito em preços “Premium” quando o poder midiático de empresas como a Apple e a Samsung é muito maior nesse segmento.

Empresa vai investir em nova fábrica de smartphones

Uma prova do compromisso da companhia japonesa com o mercado de smartphones é a notícia de que ela vai abrir uma nova planta de fabricação desses aparelhos na Tailândia. Segundo o Nikkei, essa é a primeira fábrica do tipo na qual a empresa investe em mais de 20 anos, desde a época em que sequer pensávamos na existência de aparelhos inteligentes.

A última fábrica dedicada ao mundo mobile da Sony foi aberta em 1995 em Beijing em parceria com três parceiros locais. No entanto, a nova empreitada na Tailândia vai pertencer inteiramente à companhia japonesa, o que significa a possibilidade de tomar decisões rapidamente e produzir peças de maneira mais rápida.

Qual a sua opinião sobre os smartphones da Sony? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: