De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a Sony estudou adquirir uma série de emissoras de televisão na América Latina em 2013 — e uma delas é o Sistema Brasileiro de Televisão, o SBT.

A fonte é um vazamento recente do Wikileaks, que publicou mais de 270 mil documentos obtidos após o ataque hacker sofrido pela Sony no ano passado. O relatório diz, entretanto, que a rede brasileira não tinha tamanho ou experiência para bater de frente com grandes redes da região, como a Globosat ou a mexicana Televisa (famosa por ser a casa original do Chaves).

Além da rede de Silvio Santos, a TV Sul entrou na pauta da fabricante japonesa. A ideia era comprar 30% da companhia e criar um canal de filmes na TV aberta, mas o projeto não saiu do papel. Argentina, Chile, Colômbia e Peru também tiveram emissoras avaliadas.

PlayStation! PlayStation! PlayStation!

No Brasil, o Citibank também foi consultado para avaliar "as possibilidades de expansão" da Sony nesse mercado latino-americano. Na Argentina, a situação era diferente: o Grupo Clarín e a Telefé foram sondadas, mas o relatório dizia que a situação política local não favorecia negociações.

A ideia de expansão surgiu após uma análise da Sony, que concluiu que seus canais a cabo (SET, Spin e AXN) não são populares entre a população da América Latina. A estratégia envolvia ou mudar a imagem das redes já existentes ou buscar conteúdos com caráter regional.

Já imaginou se a entrega de PlayStations por Yudi no Bom Dia & Cia., um dos grandes memes da internet brasileira, fosse realmente uma atividade patrocinada?

Cupons de desconto TecMundo: