Não é novidade dizer que a Sony foi vítima de um dos maiores ciberataques no último trimestre de 2014, o que culminou na disponibilização de filmes em sites de Torrent e algumas dores de cabeça para os executivos da companhia. Por conta disso, a empresa decidiu investir mais em segurança, direcionando 1,8 bilhão de ienes (US$ 15 milhões) de sua verba para esse fim. 

Segundo informações divulgadas pela própria Sony em um relatório referente ao desempenho da companhia nos três últimos meses de 2014, esse montante foi usado para “investigar e remediar” aquilo que foi gerado pelo ataque. Entretanto, parece que mesmo com esse revés a empresa ainda conseguiu fechar suas contas no azul no trimestre que foi de outubro a dezembro de 2014, com lucro operacional de 2,4 bilhões de ienes (US$ 20,4 milhões). 

Já no que diz respeito ao lucro líquido, a empresa japonesa obteve 89 bilhões de ienes (US$ 756 milhões). Esse valor representa um aumento de 238% na comparação com as cifras alcançadas no mesmo período do ano anterior. 

Por fim, foi mencionado que a empresa precisou rever as suas previsões para o ano fiscal que termina em março próximo e diminuir as suas expectativas de ganho de 230 bilhões de ienes (US$ 1,95 bilhão) para 170 bilhões de ienes (US$ 1,44 bilhão).

Analisando as divisões 

O documento também serviu para informar como algumas divisões da Sony estão se saindo. Começando com a de smartphones da linha Xperia, foi mencionado que as vendas aumentaram um pouco, mas que ainda são necessárias algumas mudanças na estratégia da companhia – e uma delas é a diminuição na força de trabalho neste setor. 

Já as divisões de televisores e video games se saíram bem no período. Enquanto a primeira teve lucro por três meses consecutivos graças aos modelos 4K, a segunda viu seus rendimentos aumentarem 17% graças ao PlayStation 4 e aos serviços de rede.

Cupons de desconto TecMundo: