A Sony Corporation pediu a autoridades japonesas mais tempo para publicar seu relatório fiscal do último trimestre. A empresa requereu mais seis semanas para divulgar os detalhes financeiros de cada uma de suas divisões por conta dos ataques hacker sofridos pela Sony Pictures em novembro de 2014. Na ocasião, vários filmes ainda não lançados foram vazados junto com documentos sigilosos da companhia.

Praticamente todos os sistemas foram corrompidos e, pelo que parece, até agora o estúdio não conseguiu se recuperar completamente dos problemas. De acordo com a corporação japonesa, é possível que, nem com o novo prazo, a divisão de audiovisual consiga fazer os devidos cálculos para o fechamento do relatório.

Atraso

“Depois de restaurar as aplicações necessárias, a Sony Pictures Entertainment (SPE) vai começar imediatamente as ações para fechar o relatório financeiro do terceiro trimestre. Entretanto, mesmo com a restauração dessas aplicações no começo de fevereiro de 2015, a SPE não terá tempo suficiente para fechar seus relatórios trimestrais cumprindo o prazo na metade de fevereiro”, dizia a nota de explicação da empresa.

O novo prazo da Sony deve ser 31 de março, mas não se sabe se até lá os detalhes financeiros da empresa estejam publicados para os acionistas. 

Cupons de desconto TecMundo: