Um dos campos de excelência da Sony é o das câmeras digitais. A japonesa não deixa de trazer novidades para o setor e a última prova disso foi a apresentação da câmera A7 II. A câmera da companhia é a primeira full-frame a trazer estabilização óptica de imagens com cinco eixos. A maioria das câmeras que possuem essa tecnologia fica apenas no segundo eixo, mas algumas mais avançadas chegam ao quarto.

Com isso, a Sony pretende melhorar significativamente o desempenho do fotógrafo ao utilizar zoom muito aproximado, o que normalmente implica em mais problemas de estabilidade das imagens. Além desse melhoramento, o aparelho tem exatamente as mesmas especificações do modelo anterior, o A7, lançado no fim de 2013. A diferença é na carcaça, que ficou um pouco maior, porém mais fácil de segurar.

É possível usar objetivas E-mount e A-mount — esse segundo formato com um adaptador —, e o sensor CMOS é um Sony Esmor Full-frame 35 mm com 24,3 MP. Há boatos sobre o possível lançamento de um modelo “R” atualizado que traria um sensor de 36 MP, mas isso não foi confirmado.

Além desses detalhes, há um sistema híbrido de autofoco que possui 117 fases e 25 pontos de contraste, o que torna a câmera cerca de 30% mais rápida na hora do foco. O sistema de detecção de movimentos também é 50% mais rápido do que os encontrados nos modelos concorrentes.

Por enquanto, o modelo só está disponível no Japão por ¥ 190 mil ou R$ 4.224 (na cotação de hoje e sem inclusão de impostos). Não há comentários da companhia acerca de quando o produto começará a ser vendido em outras regiões ou que preços deve ter fora do Japão.

Cupons de desconto TecMundo: