A Sony publicou o relatório financeiro da companhia no primeiro trimestre do atual ano fiscal, que começou em abril deste ano. Essa divulgação estava rodeada de expectativa: caso você não se lembre, a situação da empresa era muito ruim nos últimos meses, o que levou a uma reestruturação da companhia. O resultado das alterações (que incluíram a venda do setor de laptops e a separação da divisão de TVs) é positivo, pois os números subiram, mas ainda não é possível para a companhia japonesa respirar aliviada.

Isso porque, enquanto o setor de games está em uma margem bastante alta de vendas (3,5 milhões de unidades no trimestre), assim como o de filmes, impulsionado por sucesso como "Anjos da Lei 2".

Mas há uma má notícia: as vendas só subiram 10,1% (o que é pouco comparado com os 95% de aumento nos games) e houve uma perda operacional de US$ 27 milhões, um desempenho financeiro muito pior que os ganhos do ano passado. A Sony culpa problemas com royalties e gastos com pesquisa e desenvolvimento pela performance baixa, mas as vendas da linha Xperia também não estariam bombando.

A imagem abaixo mostra que, enquanto a maioria dos setores está em no dinheiro gerado, os dispositivos de comunicação móvel mostram decadência.

Em vendas, a Sony registrou no trimestre US$ 17,9 milhões, um aumento de 5,8% em relação ao ano passado. A renda gerada foi de US$ 691 milhões, um aumento extremamente significativo em relação ao período de abril a junho de 2014. O relatório completo pode ser conferido neste link.

Cupons de desconto TecMundo: