Divisão de filmes da Sony vai passar por corte de custos

1 min de leitura
Imagem de: Divisão de filmes da Sony vai passar por corte de custos
Avatar do autor

Quartel da Sony Pictures Entertainment da cidade de Culver (Fonte da imagem: Reprodução/Los Angeles Times)

Não é novidade para ninguém que a Sony está passando por bons apertos nos últimos tempos. E uma das principais causas de seus prejuízos é sua divisão de filmes: os títulos mais recentes lançados pela empresa, por exemplo, foram fracassos de bilheteria, se considerarmos as expectativas da companhia.

Mas, se por um lado acionistas insistem que a divisão deve ser vendida, Kaz Hirai, o atual presidente da Sony, argumenta que ela é extremamente importante. Isso porque os filmes são ótimas oportunidades de promover outros aparelhos da companhia, como celulares e notebooks, enquanto eletrônicos da empresa podem trazer conteúdo de títulos famosos produzidos por eles.

Cortando os gastos

Isso não quer dizer, no entanto, que Hirai pretende manter a divisão no estado em que ela se apresenta atualmente. Segundo o Los Angeles Times, a Sony acaba de anunciar que a Sony Pictures Entertainment passará por um grande corte de custos.

Agora, a divisão de filmes da empresa tem sua verba reduzida em 250 milhões de dólares. Espera-se ainda que um segundo corte, de 100 milhões de dólares (ou mais), seja anunciado em breve.

Além disso, o número de títulos que a SPE lança anualmente também diminuiu, baixando de 23 para 18 por ano. Dessa maneira, espera-se que os cortes sejam “compensados” pelo menor número de filmes, permitindo que a verba dos longas a serem produzidos não sofram grandes quedas.

Sony nas TVs

Por último, mas não menos importante, a Sony também afirmou, de acordo com o Bloomberg, que a companhia não vai manter sua divisão de filmes focada apenas nos cinemas. A Sony Pictures agora deve voltar ao menos parte de seus esforços para a televisão, visto que a margem de lucro nela é muito maior.

Para isso, a empresa está criando parcerias em redes de mídia fora dos EUA; dentro dos Estados Unidos, por sua vez, a Sony está em busca de oportunidades na TV a cabo. Mas será que tudo isso vai ser suficiente para salvar a divisão de filmes de ser cortada em definitivo, no futuro? Teremos que esperar para descobrir.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Divisão de filmes da Sony vai passar por corte de custos