Você já deve ter percebido que estamos repletos de novidades envolvendo a Sony e suas mais variadas áreas de atuação. De fato, a companhia reservou muitas surpresas para os visitantes da coletiva de imprensa realizada na manhã de ontem (28), em São Paulo capital, e uma das mais importantes é de fato a chegada do Xperia Tablet Z ao território brasileiro.

Anunciado pela primeira vez em janeiro, o gadget foi lançado recentemente em diversos países ao redor do mundo – aqui, contudo, ele só passará a ser disponibilizado a partir do mês de agosto, com preço médio ainda não definido pela companhia. Ainda assim, tivemos a oportunidade de testar rapidamente o aparelho e ter uma ideia de suas principais funcionalidades, características e pontos positivos/negativos. Confira nossas primeiras impressões!

Aparelho finalmente chegará às lojas brasileiras, em agosto (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Design bonito e leveza impressionante

Não é possível titubear: o Xperia Tablet Z é um aparelho que impressiona de imediato. A Sony soube criar um design elegante e diferenciado que cativa o consumidor logo no primeiro contato visual.

Seguindo o padrão dos últimos smartphones da série Xperia, o Tablet Z conta com um chamativo botão circular em sua extremidade esquerda. Assim como ocorre nos celulares, essa característica pode tanto decepcionar alguns quanto conquistar o coração de outros – trata-se de algo que depende puramente de seu gosto pessoal.

Impossível também é deixar de citar a leveza incrível e a espessura inacreditável do tablet – 500 gramas e 6,9 mm, respectivamente. Essas dimensões são facilmente perceptíveis nas mãos: segurar o gadget é muito confortável, assim como manejá-lo nas posições horizontal e vertical. Ponto para a Sony.

Tablet é um dos mais finos e leves do mercado (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Câmera boa, display excelente

Embora conte com o famoso sensor CMOS Exmor R (presente na maioria dos novos dispositivos da série Xperia), a câmera do Tablet Z não chama muito a atenção. Não desaponta, mas também não impressiona. A frontal (que por sinal é localizada de modo a ser utilizada com o aparelho na posição horizontal) é mais do que o suficiente para realizar videochamadas através do Skype ou apps similares.

E se o assunto é vídeo, não podemos nos esquecer de comentar sobre a experiência de assistir a clipes no dispositivo. Por ser equipado com a tecnologia Mobile BRAVIA Engine 2 (a mesma empregada no Xperia ZQ e SP), o Tablet Z trabalha melhor com as cores e detalhes de vídeos em alta definição, transformando-o em um excelente gadget para quem gosta de assistir a filmes em Full HD.

Assistir a vídeos no dispositivo é uma experiência bastante agradável (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Interface e software

Há quem não aprecie as pesadas mudanças que a Sony aplica no Android. De fato, as customizações de fábrica geralmente tornam o aparelho levemente mais lento do que seria com a versão “pura” do sistema operacional. Ainda assim, a interface-padrão adotada pela companhia (e que infelizmente não leva nenhum nome específico) é bem bonita e elegante, combinando com o visual do gadget.

Além disso, é bacana destacar os pequenos apps que podem ser utilizados em cima da tela de qualquer outro software – algo muito parecido com o que acontece no Galaxy Note 8.0 e no Galaxy S4. Através de um pequeno menu permanente e escondido na região inferior da tela, é possível abrir um widget de notas, uma calculadora simples e até mesmo um pequeno calendário – recursos úteis caso você não deseje ficar alternando entre dois aplicativos diferentes.

Sony realiza algumas customizações pesadas no sistema operacional (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Apostando em conectividade

Você tem uma TV da Sony em seu quarto ou sala de estar? É possível utilizar o Tablet Z como um controle remoto para acessar algumas funções do aparelho, assim como espelhar o display do gadget portátil diretamente para a telona. Assim, você pode conferir vídeos, fotos e músicas em seu televisor através da função One Touch, que utiliza a tecnologia NFC para parear rapidamente os dois dispositivos.

Basta encostar o tablet no controle da TV e aguardar alguns segundos. Pronto! Não há segredos, configurações complexas e irritantes ou outro tipo de burocracia qualquer. Testamos e comprovamos a eficácia do recurso One Touch e de fato trata-se de uma característica preciosa para quem possui outros eletrônicos fabricados pela Sony.

Concluindo

Em suma, podemos dizer que o Xperia Tablet Z parece valer a pena. É importante lembrar que desconhecemos o valor aproximado pelo qual o gadget será vendido – nos Estados Unidos, contudo, ele custa cerca de US$ 499 (aproximadamente R$ 1.038, sem adição de impostos).

Se chegar às gôndolas brasileiras por até R$ 1.699, será uma excelente opção para quem procura um tablet leve, fino, confortável e com uma tela perfeita para assistir a filmes. Só podemos aguardar até o lançamento oficial, previsto para meados de agosto.

Cupons de desconto TecMundo: