Você já deve saber que a Sony pretende trazer dois novos smartphones para o Brasil a partir do segundo semestre deste mesmo ano, aumentando ainda mais seu portfólio de opções para o consumidor tupiniquim. Para a infelicidade de alguns, o Xperia Z – semelhante ao modelo ZQ, mas que é à prova d’água – não faz parte das novidades anunciadas ontem (28) pela empresa em sua coletiva de imprensa. Os novatos que entrarão nas gôndolas a partir de junho são o Xperia SP e o Xperia L.

Não pudemos deixar de fazer rápidos testes com ambos e gerarmos algumas primeiras impressões sobre a dupla (que custarão, respectivamente, R$ 1.299 e R$ 899). Confira mais detalhes sobre cada um dos modelos.

Xperia L e seu design diferenciado (Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Seguindo seus antecessores

Assim como em nosso hands-on do Tablet Z, iniciaremos nossa análise comentando sobre um ponto muito importante em qualquer tipo de gadget: o design. O Xperia SP segue a linha do ZQ e apresenta um visual simples, com linhas retas, bastante agradável e elegante. O botão de liga/desliga na lateral do aparelho ainda persiste – causando discórdia entre quem o ama e quem o odeia.

Com 9,98 mm de espessura e pesando 155 gramas, o SP é bem confortável. Manejá-lo com apenas uma mão se mostrou uma experiência bem tranquila; a tela de 4,6 polegadas também está no tamanho ideal, nem pequena e nem exageradamente grande.

A barra luminosa presente em vários celulares mais antigos da Sony retorna com louvor, localizando-se na região inferior do novo aparelho. E sim, ela muda de cor de acordo com as músicas, vídeos e fotos que estão sendo reproduzidos no momento.

Xperia SP segue o mesmo visual de outros aparelhos da linha (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

E então nos apossamos do Xperia L, crentes de que o “irmão mais novo” iria nos agradar da mesma forma. Leve decepção. Quebrando o design-padrão dos últimos eletrônicos portáteis da Sony, o gadget possui uma traseira levemente curvada, característica que o torna um pouco desconfortável tanto na mão quanto no bolso. É um celular com um visual mais jovial e menos “sério” do que o SP e o ZQ, se assim podemos concluir.

A barra luminosa também está presente, mas bem mais discreta. O botão lateral também está ali – outra vez, em dimensões levemente reduzidas. O tamanho da tela, contudo, é praticamente o mesmo: enquanto o Xperia SP possui 4,6 polegadas, o Xperia L conta com 4,3.

É um pouco difícil se acostumar ao design curvado do Xperia L (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Reprodução de mídia

Colocar os dois aparelhos lado a lado para rodar o mesmo vídeo em Full HD funciona como um excelente teste para comprovar a qualidade da tecnologia Mobile BRAVIA Engine 2. O Xperia SP é equipado com ela; o Xperia L, não. Assim, reproduzir clipes em alta definição é muito proveitoso no primeiro, mesmo que o segundo consiga executar essa tarefa também com uma qualidade boa.

Quanto às câmeras, ambas se mostraram excelentes. Contudo, esperávamos um maior desempenho do Xperia L, cujo objetivo é “ser um celular acessível para quem procura uma câmera de excelente qualidade”. Mesmo com 8 MP e sensor CMOS Exmor RS, o dispositivo tem uma performance bastante semelhante com a do Xperia SP (que conta com especificações iguais, mas tem zoom digital de 16x; o Xperia L possui zoom de apenas 4x).

Reproduzindo vídeos no Xperia SP (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

NFC e LTE

Tanto o Xperia SP quanto o Xperia L possuem o recurso One Touch, que faz uso da tecnologia NFC para parear diferentes dispositivos rapidamente e sincronizar conteúdos multimídia entre eles. Você pode, por exemplo, espelhar a tela dos celulares na sua televisão, bastando encostar os aparelhos no controle remoto da telona.

E se você procura uma forma de aproveitar a rede 4G, fique de olho: o modelo SP é compatível com esse formato de conexão.

Xperia L conta com tecnologia NFC (Fonte da imagem: Reprodução/TecMundo)

Será que vale a pena?

Em suma, o Xperia SP é um celular muito bom e que será uma ótima alternativa para quem não tem condições de adquirir um top de linha. O Xperia L, por sua vez, nos deixou com algumas impressões estranhas. Com base no que pudemos experimentar do aparelho, diríamos que ele é um smartphone que não faz muito sentido: a menos que você realmente não possa gastar nem um centavo a mais além dos R$ 899 pedidos no L, vale muito mais a pena adquirir o SP por R$ 1.299.

Se o objetivo era oferecer um modelo barato e focado na fotografia, a Sony poderia muito bem sacrificar um pouco mais de hardware – barateando o produto – e investido mais na câmera do Xperia L, inferior à do seu irmão mais velho. Além disso, a traseira curva é bastante desagradável e certamente vai causar incômodos em alguns usuários (especialmente os mais conservadores).

Vale lembrar, contudo, que só teremos uma avaliação definitiva em meados de junho, quando a dupla de smartphones passará a ser comercializada.

Cupons de desconto TecMundo: