Você já deve ter reparado que o mundo da tecnologia vive de ciclos não é mesmo? Há pouco tempo o assunto mais falado eram as TVs de Plasma, LCD e Full HD, depois vieram os smartphones, a internet 3G, o Blu-ray e por aí vai. Eis que um filme chamado a Avatar faz um assunto que estava um pouco esquecido voltar com tudo para o centro das atenções: as imagens em 3D.

Na CES 2010, por exemplo, houve uma dúzia de lançamentos envolvendo a utilização da tecnologia. É fato: o 3D é a bola da vez e isso é visível pelo número de empresas que lançaram ou vão lançar produtos que permitem ao espectador assistir em três dimensões.

Os televisores são o fio condutor, mas outras linhas de produtos também estão chegando compatíveis com o 3D. Um exemplo são as câmeras digitais, que já fazem parte do arsenal de artigos que vão permitir extrair o máximo desta nova forma de ver as coisas.
As câmeras digitais 3D
Elas já estão no mercado há um tempo, mas ainda ficam escondidas nas prateleiras, afinal, nem todos sabem muito bem qual é a serventia de uma câmera que grava em três dimensões. No entanto, neste artigo você vai conhecer alguns argumentos que tentam explicar por que estes equipamentos vão ser tão importantes e desejados daqui a alguns meses.

Fujifilm, grava vídeos e bate fotos em 3D

As câmeras digitais que capturam imagens e vídeos em 3D são um pouco diferentes das com que estamos acostumados. Elas têm duas lentes, uma do lado esquerdo e outra do lado direito. Com isso, as imagens são gravadas com uma leve diferença de ângulo, mas quando vistas com óculos especiais, parecem saltar da tela (para saber mais leia o artigo “Como funciona a tecnologia 3D”). Tudo está acompanhando o 3D
Depois de invadir os cinemas, a mira do 3D foi aos televisores. Porém, muitas empresas já estão expandindo o leque de produtos com a tecnologia e, em breve, notebooks, vídeo games, celulares e até impressoras terão suporte para o 3D. As câmeras digitais também estão fazendo parte deste mundo, pois televisores, monitores de computador e até porta-retratos digitais 3D já estão à venda.

TVs de LED 3D da Samsung

As grandes marcas já estão na briga
Sony, Samsung, LG, Panasonic, Fuji e companhia já estão investindo pesado no 3D. Samsung e LG não são fortes em máquinas fotográficas, mas são gigantes quando o quesito é produtos eletrônicos e TVs e monitores em três dimensões já estão no catálogo de ambas.

A Fuji já está bem adiantada no desenvolvimento e venda de câmeras digitais 3D, pois desde 2009 já conta com um modelo, a FinePix Real 3D W1 que filma e fotografa em três dimensões:

A Panasonic, pelo que parece, investiu mais em câmeras para profissionais, mas as pessoais podem ser a próxima cartada. A Sony, apesar de atrasada, também está desenvolvendo seu modelo, no entanto, tem dado prioridade ao Playstation e às TVs, por causa da Copa do Mundo.
Volte no tempo
As câmeras digitais também já foram a bola da vez, porém andavam um pouco esquecidas, exceto por um lançamento ou outro. A transição daquelas com rolo de filme para as digitais foi rápida e mostra que: se o próximo passo é o 3D, provavelmente as com esta tecnologia chegarão depressa ao consumidor.
Você e o conteúdo 3D
A grande apostas das fabricantes de câmeras digitais 3D está na produção de conteúdo pelo próprio usuário. Hoje, você sabe que produzir qualquer coisa em 3D demanda investimento pesado em equipamentos. Com a popularização das câmeras digitais comuns, é provável que a demanda e o desejo em produzir conteúdo em três dimensões chegue ao consumidor final.

Porta-retrato 3D, não precisa de óculos

Sites como o YouTube e Vimeo são a maior prova de que os vídeos têm vez no mercado, por isso, as imagens em 3D podem ser mais um avanço – assim como foi com os vídeos em alta definição.

Você já imaginou como seria assistir a um show do seu artista favorito, gravar tudo e vê-lo novamente no sofá da sala com as imagens saltando da tela? Certamente, sensacional. Essa é apenas uma das possibilidades que as câmeras digitais 3D podem oferecer ao consumidor final.
Mais perto do que você imagina

Apesar de ser o assunto mais falado do momento, você pode estar pensando que a tecnologia 3D ainda está longe de chegar até você. É aí que você se engana. Duas grandes emissoras brasileiras já vêm investindo pesado em testes com imagens em 3D que poderão chegar a sua casa em breve.


A rede Globo, em parceria com a Sony, transmitiu alguns trechos do Carnaval 2010 - para o camarote da emissora – em 3D.  O mesmo canal vai transmitir jogos da Copa do Mundo de Futebol  no formato, mas vai usar salas de cinema para isso (acesse o artigo Tecnologia no futebol e saiba mais). A Band, também em parceria com a Sony, transmitiu em 3D a prova da Fórmula Indy, em São Paulo nos dias 13 e 14 de março, para o camarote da emissora.

Copa em 3D! A gente vê por aqui.

A Panasonic também transmitiu em 3D a cerimônia de abertura, encerramento e trechos dos Jogos de Inverno de Vancouver 2010. Além disso, o canal de esportes ESPN já anunciou que vai lançar um canal exclusivo para transmissões em 3D ainda em 2010.
Vancouver 2010 em 3D!

Apesar de o foco estar nos televisores, você pôde perceber que a invasão vai ser geral e tudo o que envolver imagens certamente terá suporte para transmissão ou captação em três dimensões.

As câmeras ainda não chegaram com força total ao mercado, afinal, elas não têm tanto apelo quanto os televisores. Mas a partir do momento que usuários comuns começarem a gravar vídeos caseiros e compartilhar com o mundo via internet, certamente mais um ciclo vai se iniciar no mundo da tecnologia: a troca das câmeras comuns pelas 3D.

E você? Já bateu aquela vontade de comprar uma câmera 3D? Se sim, fique atento porque, para visualizar as imagens, você vai precisar tanto de uma câmera nova quanto um monitor ou televisor com compatibilidade 3D.

Cupons de desconto TecMundo: