(Fonte da imagem: Reprodução/Olympus)

Apesar dos resultados financeiros negativos que apresentou nos últimos anos, a Sony continua a investir em novas iniciativas. Nesta sexta-feira, a companhia japonesa anunciou que pretende investir 50 bilhões de ienes (US$ 644 milhões) na fabricante de câmeras Olympus — o objetivo é aumentar a participação de ambas as organizações no mercado de imagens médicas.

Com a negociação, a Sony passa a deter 11% da Olympus, o que vai permitir a combinação de quesitos presentes em tecnologias de ponta desenvolvidas pelas duas empresas. As duas companhias também pretendem colaborar no mercado de câmeras voltadas aos consumidores comuns, seja através de dispositivos mirrorless ou aparelhos compactos com capacidades mais convencionais.

Embora a Olympus ainda não tenha confirmado a nova empreitada, a Sony já forneceu informações detalhadas sobre a parceria das companhias na área de aparelhos médicos. Entre os planos futuros da empreitada está o desenvolvimento de endoscópios cirúrgicos com capacidade 3D capazes de trabalhar com a resolução 4K.

Fontes: Financial Times, The Verge

Cupons de desconto TecMundo: