Alexa: novo recurso imitará a voz de pessoas falecidas

1 min de leitura
Imagem de: Alexa: novo recurso imitará a voz de pessoas falecidas
Imagem: Unsplash

Na última quarta-feira (22), durante a conferência re:MARS, em Las Vegas, o vice-presidente sênior e cientista-chefe da Alexa na Amazon, Rohit Prasad, revelou algumas novidades da assistente pessoal. Um dos destaques é um novo recurso que pode fazer deepfake de voz de qualquer pessoa, até de falecidos.

Em um exemplo apresentado durante o evento, um áudio de poucos minutos é usado para criar a voz de uma avó falecida que lê uma história de ninar para o neto. Inclusive, a companhia afirma que é possível conseguir uma sintetização da voz em alta qualidade usando apenas um minuto de áudio.

“Isso exigiu invenções em que tivemos que aprender a produzir uma voz de alta qualidade com menos de um minuto de gravação versus horas de gravação no estúdio. A maneira como fizemos isso acontecer foi enquadrando o problema como uma tarefa de conversão de voz e não como um caminho de geração de fala”, disse Prasad.

Certamente, o recurso emocionará os usuários da Alexa.Certamente, o recurso emocionará os usuários da Alexa.Fonte:  Unsplash 

Uma tecnologia intensa

Até o momento, a Amazon não revelou muitos detalhes sobre a novidade, apenas a apresentação inicial durante o evento. A companhia também não divulgou nenhuma data de lançamento para o novo recurso, mas novidades devem ser anunciadas em breve.

Prahad acredita que a tecnologia ajudará as pessoas a se conectarem com os entes queridos que amavam e já faleceram — provavelmente, a funcionalidade fará muitos usuários da Alexa caírem em lagrimas ao escutar a voz de um familiar falecido.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.