Clipchamp: quais os requisitos para rodar o editor de vídeos?

3 min de leitura
Imagem de: Clipchamp: quais os requisitos para rodar o editor de vídeos?
Imagem: Clipchamp
Avatar do autor

Em 2014, o editor de vídeos online ClipChamp foi lançado oficialmente. Desde o princípio, o software prezava pela simplicidade e, por isso, não exigia nenhum tipo de instalação e sempre funcionou a partir do navegador de internet – embora hoje exista uma versão para instalação.

Com a sua popularidade aumentando cada vez mais, a Microsoft decidiu adquirir os direitos do ClipChamp. O programa agora passa a integrar o grupo de ferramentas da gigante da tecnologia e passará a ser oferecido como o editor de vídeos padrão do Windows 11 em um futuro não tão distante.

Mas como funciona esse editor de vídeos? Para quem ele se destina, considerando as suas principais funcionalidades e recursos? E quais são os requisitos mínimos e recomendados para rodar o ClipChamp com qualidade em sua máquina – considerando tanto a versão web quanto a versão de instalação?

O que é o ClipChamp?

Esse editor online passará a ser o programa padrão e pré-instalado do Windows 11 para criação de vídeos.Esse editor online passará a ser o programa padrão e pré-instalado do Windows 11 para criação de vídeos.Fonte:  Clipchamp 

Como já foi dito, o ClipChamp é um editor de vídeos muito semelhante a outros softwares profissionais da categoria, como o Vegas e o Premiere. A famosa timeline de edição é o que aproxima esse programa da Microsoft de outros produtos similares, além da disposição do preview logo acima e diversos recursos dispostos ao redor da tela.

O ClipChamp conta filtros e transições, além de uma vasta biblioteca de modelos para serem utilizados nas criações. Alguns desses recursos, entretanto, estão limitados às versões pagas do software – que custam a partir de US$ 9 mensais (R$ 42 por mês na cotação atual).

Entre as principais funcionalidades do ClipChamp, podemos destacar:

  • Criação e edição de vídeos em até 1080p de graça;
  • Gravação de tela ou a partir da webcam;
  • Sobreposição de vídeos;
  • Locução de áudio;
  • Sobreposição de textos e vídeos;
  • Conversão de texto em vídeo ou GIFs;
  • Compartilhamento social;
  • Distribuição em múltiplos canais;
  • Recursos de colaboração online;
  • Arrastar, soltar, girar e aparar arquivos de mídia;
  • Exportação para diversos formatos e tamanhos.

Requisitos para rodar o ClipChamp

Embora possua uma versão que rode diretamente no navegador, o ClipChamp ainda possui alguns requisitos de sistema.Embora possua uma versão que rode diretamente no navegador, o ClipChamp ainda possui alguns requisitos de sistema.Fonte:  Clipchamp 

A versão clássica do ClipChamp foi projetada para rodar diretamente no navegador de internet. Para usar o programa dessa forma, o usuário precisará dispor do seguinte:

  • Navegador Google Chrome (versão mais recente), Microsoft Edge (versão baseada no Chromium) ou outro browser que tenha o navegador da Google como base
  • Computador ou notebook
  • Conexão com a internet
  • Ao menos 8 GB de memória RAM disponível
  • Processador com arquitetura 64-bit
  • Sistema operacional com arquitetura 64-bit
  • Espaço em HD ou SDD suficiente para armazenamento dos arquivos de mídia

Os requisitos para os que desejam rodar o ClipChamp a partir do software de instalação do Windows são praticamente os mesmos, com a diferença de que o Windows 10 versão 19041.0 (ou posterior) é exigido. Além disso, as arquiteturas x86, ARM e ARM64 (além do x64) também são compatíveis de acordo com a página do programa.

Vale ressaltar que, mesmo que a sua máquina não atenda aos requisitos mínimos, o ClipChamp ainda pode ser executado nela. Porém, a página de suporte informa que alguns problemas podem ocorrer e uma performance melhor para edição e exportação podem ser esperados quando as especificações técnicas são atendidas.

Versão para celular

A versão mobile do ClipChamp está disponível apenas para iOS. De acordo com comunicado da empresa, o app para Android deve ser lançado em breve.

O aplicativo disponível para o ecossistema da Apple traz as mesmas características do programa para computadores, mas com algumas limitações pontuais. A principal delas é o recurso de biblioteca de mídias, que está apenas disponível na versão web ou de instalação.

Porém, o app ainda permite criar e editar vídeos, ajustar a duração e comprimento do arquivo, capturar conteúdo a partir das câmeras ou tela do smartphone, criar, editar e customizar legendas, adicionar textos e filtros, e também gerenciar a sua própria marca do celular.

Para quem é o ClipChamp?

A facilidade no uso faz com que o software seja indicado para quem não entende muito de edição.A facilidade no uso faz com que o software seja indicado para quem não entende muito de edição.Fonte:  Clipchamp 

Por se tratar de um editor bastante amigável, o ClipChamp tem como foco aqueles que querem fazer trabalhos mais básicos relacionados a criação de vídeos. Entretanto, o programa também oferece recursos avançados, ajudando a resolver até mesmo problemas complexas e permitindo edições avançadas através das funcionalidades oferecidas.

Embora a empresa argumente que o ClipChamp seja indicado para qualquer pessoa, é difícil imaginar que um profissional que utilize o Premiere ou o Vegas vá escolher substituir o seu programa de edição. Porém, o programa é bem fácil de usar e agora passará a ser ainda mais conhecido como o editor de vídeos padrão que vem instalado no Windows 11.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.