Zepp Life: Por que a Xiaomi mudou o nome do app Mi Fit?

2 min de leitura
Imagem de: Zepp Life: Por que a Xiaomi mudou o nome do app Mi Fit?
Imagem: Xiaomi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante chinesa Xiaomi promoveu recentemente uma mudança nos aplicativos utilizados no ecossistema da marca. O aplicativo Mi Fit, que é o padrão de controle e relatórios de quem utiliza relógios e pulseiras inteligentes da companhia, foi descontinuado e não vai mais aparecer em smartphones instalados.

Em seu lugar, muitos usuários se depararam com uma plataforma de nome diferente: Zepp Life, que aparenta realizar as mesmas atividades e foi instalado por cima do antigo serviço. Mas o que isso significa exatamente e quais podem ser as estratégias da Xiaomi para o futuro dos dispositivos vestíveis da marca?

Mudança dentro de casa

A novidade é confusa, mas pode significar uma unificação a longo prazo e tem a ver com colaborações entre as marcas. Para começar, é importante entender que o Zepp Life é um aplicativo desenvolvido pela Huami, uma fabricante também chinesa e que fora da China é chamada de Zepp Health.

A Huami é uma marca especializada em dispositivos vestíveis, como pulseiras e relógios inteligentes, e é a responsável pela popular linha de eletrônicos Amazfit.

Um dos relógios esportivos da Amazfit.Um dos relógios esportivos da Amazfit.Fonte:  Amazfit 

O que não é tão conhecido assim é que a Huami é a responsável pela fabricação da Mi Band, além de ter na Xiaomi uma de suas principais investidoras. Fundada em 2015, ela não chega a ser uma subsidiária independente, como as linhas Redmi e POCO, mas possui um relacionamento bastante próximo e já duradouro.

O que deve acontecer?

A partir de agora, portanto, o Mi Fit será substituído por padrão pelo Zepp Life. Entretanto, essa mudança pode ser válida apenas para os dispositivos já lançados e de catálogo, ou seja, de todas as gerações anteriores até a Mi Band 6.

O Zepp Life, antigo Mi Fit.O Zepp Life, antigo Mi Fit.Fonte:  Google Play Store 

Isso porque a própria Xiaomi está preparando uma remodelagem do aplicativo de controle de saúde e atividades esportivas, o Mi Fitness, que será uma plataforma completa que mistura serviços anteriores, como o Xiaomi Health e o Xiaomi Wear.

A atenção agora está voltada para a Band 7 da Xiaomi, que já foi homologada ao redor do mundo e está próxima de ser anunciada com tela maior e sensores mais precisos, incluindo navegação por GPS.

O Mi Fitness.O Mi Fitness.Fonte:  Google Play Store 

Ainda não se sabe qual dos aplicativos será o oficial de controle da pulseira, mas ela deve marcar ao futuro dos serviços de controle e relatórios de saúde da fabricante. A expectativa é de que o Mi Fitness seja adotado como padrão.

O que diz a Xiaomi

Em comunicado oficial, a Xiaomi afirma que "vai apoiar a decisão da Huami de rebatizar o app do Mi Fit como Zepp Life". Isso confirma que a dona da linha Amazfit sempre foi a responsável pelo serviço, apesar de o nome da fabricante não ser utilizado até então.

"Enquanto esse app continuará sendo operado pela marca Huami, garantimos que ele continuará suportado pelos dispositivos da Xiaomi compatíveis, incluindo balanças inteligentes e a linha Mi de pulseiras inteligentes", diz a companhia.

Vale lembrar que a nova pulseira deve também ter um novo nome e ser chamada apenas de Xiaomi Band, já que o nome da família "Mi" foi descontinuado a partir de agosto de 2021 em todos os produtos, incluindo celulares.

Imagem: SmartBand Amazfit Band 5
Imagem: Tecmundo Recomenda

SmartBand Amazfit Band 5

A SmartBand Amazfit Band 5 tem tela Amoled com touchscreen. Com Bluetooth integrado, conta com recursos para a prática de exercícios, além de alarmes, notificações, calendário e mais.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.