WhatsApp Web ganha extensão gratuita para verificar segurança

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp Web ganha extensão gratuita para verificar segurança
Imagem: Meta/Reproduçã
Avatar do autor

A Meta está trabalhando junto da Cloudflare para levar ao WhatsApp Web uma nova camada de segurança. Nesse sentido, a empresa anunciou, nesta quinta-feira (10), o Code Verify — um software de código aberto que verifica automaticamente a autenticidade do código do WhatsApp Web que está sendo utilizado.

A verificação serve para confirmar que o código usado pelo usuário não foi alterado por um agente malicioso. A checagem garante que o navegador no computador que está executando o programa ficará menos exposto a perigos como extensões desconhecidas, por exemplo.

Em uma publicação no site da Meta, Richard Hansen e Vicente Silveira — engenheiro de software e gerente de produto da companhia respectivamente — explicaram que, ao contrário de um aplicativo para smartphone, uma aplicação web não tem os códigos revisados por terceiros e isso acaba colocando as pessoas em risco.

WhatsApp Web

“Como a infraestrutura dos aplicativos móveis foi criada após a criação da web, as garantias de segurança oferecidas no celular podem ser mais fortes, principalmente porque as lojas de aplicativos de terceiros revisam e aprovam cada aplicativo e atualização de software. Mas hoje isso está mudando, pois o Code Verify está trazendo ainda mais segurança para o WhatsApp Web”, eles garantiram.

Para o Chrome e Edge

A extensão Code Verify está disponível nas lojas virtuais dos navegadores Google Chrome e Microsoft Edge e chegará em breve ao Mozilla Firefox. O programa, que pode ser baixado gratuitamente, não registra dados dos usuários, não compartilha nenhuma informação com o WhatsApp e também não lê ou acessa as mensagens que você envia ou recebe, segundo promessas da Meta.

Assim que for instalada, a extensão funcionará de maneira automática sempre que a pessoa acessar o WhatsApp Web. A partir de sinalizações parecidas com as de um semáforo, ele alertará o usuário quanto à segurança do mensageiro no computador.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.