Alexa vira especialista nas Olimpíadas de Tóquio com novos comandos

1 min de leitura
Imagem de: Alexa vira especialista nas Olimpíadas de Tóquio com novos comandos
Imagem: Amazon
Avatar do autor

Quem tem Alexa em casa sabe como essa "menina" adora participar de todos os assuntos da família, seja dando informações e recados, ou mesmo contando piadas ou nos acordando com uma frase gentil. Agora, com a proximidade dos Jogos de Tóquio, de 23 de julho a 8 de agosto, a assistente virtual está se tornando uma expert em Olimpíadas.

Mas esse "modo torcedor" não ficará limitado a torcer pelo Brasil (claro!) e falar sobre nossos atletas. A Alexa participará ativamente das conversas, bate-papos e comemorações, além de fornecer informações completas e curiosidades sobre as modalidades de jogos e atletas olímpicos.

A novidade já está disponível a partir dessa quarta-feira (23). Basta perguntar, por exemplo: "Alexa, quantos dias faltam para as Olimpíadas?", que ela irá fazer a contagem para o início dos jogos e ainda trazer uma história diferente todo dia. Já o comando "Alexa, curiosidades olímpicas do Brasil" dá informação sobre os jogos do qual participaremos.

Alexa, cadê o VAR?

Fonte: Vicky Muxlow/Amazon/ReproduçãoFonte: Vicky Muxlow/Amazon/ReproduçãoFonte:  Vicky Muxlow/Amazon 

Além de saber tudo sobre o maior evento esportivo do planeta, a Alexa irá desafiar toda a família a saber mais sobre os jogos olímpicos. É só pedir: "Alexa, abrir quiz Olímpico". E, na cerimônia oficial de abertura no Estádio Olímpico de Tóquio, a Alexa promete cantar uma música autoral dos jogos, se a torcida pedir: "Alexa, música das Olimpíadas".

A grande novidade na Alexa, no entanto, é um aprimoramento nas discussões características do futebol, que permitiu chegada de sua versão pessoal do VAR, o VARlexa, que é capaz de esclarecer dúvidas sobre lances de pênaltis, impedimentos, regras de mão na bola ou bola na mão, entre outras infrações. É só pedir: "Alexa, cadê o VAR?" ou "Alexa, quero o VAR".

Alexa vira especialista nas Olimpíadas de Tóquio com novos comandos