Google Chrome vai corrigir suas senhas hackeadas

1 min de leitura
Imagem de: Google Chrome vai corrigir suas senhas hackeadas
Imagem: Google
Avatar do autor

Durante a Google I/O 2021, a Google revelou novidades para o sistema de gerenciamento de senhas do Chrome no Android. Além de identificar palavras-passe que foram vazadas ou são fracas, o navegador agora permitirá trocar a senha de maneira rápida utilizando a Google Assistente.

A novidade promete facilitar a vida de quem utiliza a mesma senha há anos e acabou tendo seus dados vazados ou roubados. Em sites compatíveis, o Chrome fará a troca de senha no próprio gerenciador, sem a necessidade de ir até o portal em que o login é realizado.

Fonte: Google/Reprodução

Atualmente, o usuário é redirecionado para o site e precisa fazer a troca de senha manualmente. Com a ajuda da Google Assistente, a gigante da web quer facilitar esse processo.

Como funciona?

O processo de identificar senhas comprometidas segue o mesmo de sempre. O usuário precisa entrar nas configurações do Google Chrome no Android e clicar na aba "Senhas".

Para verificar se alguma de suas palavras-passe foram vazadas, o usuário precisa clicar em "Verificar Senhas". O sistema começa uma varredura e identifica todos os passwords que são perigosamente fracos ou já apareceram em vazamentos.

Fonte: Google/Reprodução

Caso uma das credenciais comprometidas faça parte de um site que suporta a Google Assistente, um símbolo da IA aparecerá com a sugestão de trocar a palavra-passe. Com o consentimento do usuário, a ferramenta cria uma senha segura, que fica armazenada no Chrome.

Segundo a Google, a novidade utiliza a tecnologia Duplex, que também traz outras funções autônomas para a Google Assistente. A Google disse que a ferramenta será lançada de maneira gradual nos Estados Unidos, mas será liberada amplamente durante os próximos meses.

O sistema de trocar senhas facilmente não é a única novidade para o gerenciador de senhas nativo da Google Chrome. A ferramenta também receberá checagem automática de palavras-passe inseguras e suporte para importação de dados de outros serviços de credenciais, como o LastPass.

Fontes

Google Chrome vai corrigir suas senhas hackeadas