Night Shift do iPhone não melhora qualidade do sono, diz estudo

1 min de leitura
Imagem de: Night Shift do iPhone não melhora qualidade do sono, diz estudo
Imagem: Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Em 2016, a Apple lançou o recurso Night Shift para os seus usuários. O recurso estava entre as novidades do iOS 9.3 e prometia melhorar as noites de sono para as pessoas que mexem no celular antes de dormir. Isso porque a funcionalidade proporciona uma mudança de cores da tela para evitar o cansaço dos olhos no escuro.

Mas parece que o Night Shift não é assim tão milagroso para uma boa noite de sono. Um estudo publicado no Sleep Health fez o acompanhamento de 167 pessoas durante uma semana. O  grupo foi dividido em três: um usava o celular sem o Night Shift por uma hora antes de dormir, o outro fazia o mesmo com o recurso ativado e o último simplesmente não mexia no celular antes de dormir.

Segundo o responsável pela pesquisa, Chad Jensen, não houve diferença entre os grupos. "Nossa hipótese era de que veríamos as pessoas que não mexeram no celular dormirem melhor; então foi um pouco surpreendente não termos encontrado isso", disse ao The Verge.

Variáveis

Jensen explica que parte do resultado se deve ao fato de que a maioria dos participantes são universitários. "Quando as pessoas já estão com muito sono, não importa se estão ao telefone antes de dormir. Isso porque a necessidade de descansar é tão grande que você adormece facilmente, não importa o que faça antes de dormir."

O estudo ainda precisa ser aplicado com um grupo maior de pessoas antes de ser generalizado. Mesmo que o recurso bloqueie a luz azul emitida pelos eletrônicos, segundo os pesquisadores,  podem existir diversas variáveis que interferem na qualidade do sono, como a ingestão de cafeína, temperatura do ambiente, barulho, entre outros.

Night Shift do iPhone não melhora qualidade do sono, diz estudo