Google Mensagens pode ser bloqueado em certos celulares em abril

1 min de leitura
Imagem de: Google Mensagens pode ser bloqueado em certos celulares em abril
Avatar do autor

Google Mensagens pode deixar de funcionar em certos aparelhos Android a partir de abril de 2021. De acordo com códigos encontrados no aplicativo pelo XDA Developers, a plataforma deixará de oferecer suporte para smartphones sem certificação, o que pode afetar dispositivos da Huawei, por exemplo.

A versão 7.2.203 do aplicativo conta com uma linha de código com a seguinte frase: "Em 31 de março, Mensagens vai parar de funcionar em dispositivos sem certificação". O aviso será exibido em smartphones que não passaram nas especificações de segurança da Google.

O Google Mensagens pode ser bloqueado em celulares da HuaweiO Google Mensagens pode ser bloqueado em celulares da HuaweiFonte:  Android Police 

Caso a informação se confirme, a empresa deve bloquear o uso do aplicativo em smartphones que não contam com o certificado de segurança a partir de abril. A mudança deve afetar principalmente os celulares da Huawei, que está sob proibições do governo dos Estados Unidos e possui aparelhos sem o pacote de apps Google Mobile Services.

Culpa do RCS?

Entre os serviços da dona do Android, o Mensagens é o aplicativo mais fácil de ser baixado fora da Play Store, já que não exige nenhuma forma de login para ser utilizado. Com a mudança sugerida pelos códigos, porém, a ferramenta se tornará mais conectada com os outros serviços da Google.

O RCS ( Serviço de Comunicação Rica) deixa o SMS similar às mensagens de aplicativos como WhatsAppO RCS ( Serviço de Comunicação Rica) deixa o SMS similar às mensagens de aplicativos como WhatsAppFonte:  Google 

Enquanto a alteração pode diminuir o alcance do aplicativo, a mudança deve garantir mais segurança para todos os usuários da plataforma. Segundo especula o XDA Developers, a Google supostamente vai distribuir o Mensagens somente em celulares certificados para atender as especificações de privacidade do protocolo RCS, que chega para substituir o SMS e traz suporte para criptografia de ponta-a-ponta.

A empresa começou a liberar o recurso de segurança na versão beta do Google Mensagens em dezembro. Como garantir a segurança em celulares sem a certificação do Android não seria uma tarefa simples, a empresa possivelmente resolveu adotar o bloqueio do app em certos aparelhos para evitar problemas.