Microsoft começa a encerrar funções do Painel de Controle

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft começa a encerrar funções do Painel de Controle
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

Microsoft modificou a forma de funcionamento do Painel de Controle clássico em sua mais recente atualização de outubro para Windows 10.

Atualmente, ao selecionar a opção que levaria para a página do Sistema no antigo menu, o usuário será redirecionado para a seção de Configurações, padrão do novo sistema. A empresa ainda tomou medidas para impedir que aplicativos terceiros contornem a novidade.

Na última atualização do Windows 10, a página de Sistema e Segurança no Painel de Controle leva ao aplicativo de Configurações. (Fonte: Windows 10 / Reprodução)Na última atualização do Windows 10, a página de Sistema e Segurança no Painel de Controle leva ao aplicativo de Configurações. (Fonte: Windows 10 / Reprodução)Fonte:  Windows 

A Microsoft vem modificando o Painel de Controle ao longo de suas atualizações para o Windows 10, adaptando suas funções para a nova página de Configurações. Contudo, uma boa parcela de fãs ainda é adepta à ferramenta e, portanto, prefere o modo de gerenciamento "à moda antiga".

Uma das possíveis justificativas para essa mudança é a acessibilidade da nova página de Configurações para novos usuários, que oferece suporte para telas sensíveis ao toque, uma interface mais intuitiva e funções mais organizadas.

Histórico de desligamentos

Similarmente, a Microsoft já tentou encerrar outros aplicativos clássicos anteriormente. Um dos casos recentes foi a atualização de maio deste ano, que removeu os programas Bloco de Notas, Paint e Wordpad dos computadores de alguns usuários. Porém, em futuras atualizações, foi possível obter os mesmos programas pelo próprio sistema via download.

Microsoft começa a encerrar funções do Painel de Controle