Geração Z passa mais tempo em aplicativos do que em jogos mobile

1 min de leitura
Imagem de: Geração Z passa mais tempo em aplicativos do que em jogos mobile
Imagem: (Fonte: Pixabay/Reprodução)
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (21), um relatório divulgado pela empresa de análises App Annie sobre a utilização de smartphones pela Geração Z apontou que, no terceiro trimestre de 2020, os usuários desta faixa etária gastaram em média 4,1 horas a mais por mês com aplicativos que não envolvem jogos, um valor 10% maior em comparação com os dados de grupos mais velhos.

Contudo, os resultados não podem ser considerados uma investigação completa, e sim uma forte tendência, pois o estudo se concentrou em mercados dos EUA, Reino Unido, Brasil, França, Alemanha, Indonésia, Japão, México, Coreia do Sul e Turquia, com informações coletadas apenas de dispositivos Android.

(Fonte: App Annie/Reprodução)(Fonte: App Annie/Reprodução)Fonte:  App Annie 

Sem tempo, irmão

Segundo a empresa, a Geração Z ainda tem uma probabilidade maior de consumir jogos em comparação com indivíduos de outras idades, porém tendem a acessar por menos tempo e frequência, dando preferência para títulos como Among Us, Candy Crush Saga, PUBG Mobile, Free Fire e outros games de Match-3.

(Fonte: App Annie/Reprodução)(Fonte: App Annie/Reprodução)Fonte:  App Annie 

Aplicativos favoritos

A pesquisa também examinou quais são os aplicativos favoritos deste grupo etário, com o TikTok e o Snapchat se destacando na parte social, e o Twitch atingindo a primeira posição na área de entretenimento. Além disso, o Discord apresentou um grande crescimento entre esses usuários, principalmente no mercado francês.

(Fonte: App Annie/Reprodução)(Fonte: App Annie/Reprodução)Fonte:  App Annie 

Os apps de finanças e compras ainda não são amplamente utilizados, mas estão demonstrando uma expansão interessante, com o Venmo, Monzo, Shein, Shopee e Mercari estando na lista dos mais populares.

Grande crescimento

Aparentemente, o número de consumidores ativos desta geração está crescendo rapidamente nos países analisados, principalmente na Indonésia e Brasil. Além disso, estão se tornando os mais poderosos em relação a dispositivos móveis, com poder de compra anual de US$ 143 bilhões (cerca de R$ 802 bilhões) e 98% dos indivíduos possuindo um smartphone.

(Fonte: App Annie/Reprodução)(Fonte: App Annie/Reprodução)Fonte:  App Annie 

“A Geração Z nunca conheceu uma vida sem smartphones. Sua visão sempre foi através da lente de dispositivos móveis”, afirmou o CEO da App Annie, Ted Krantz, em uma declaração sobre os resultados do relatório.

Geração Z passa mais tempo em aplicativos do que em jogos mobile