O segredo das câmeras de segurança do futuro

5 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: O segredo das câmeras de segurança do futuro
Imagem: Dahua/Reprodução
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

Há quase 2 décadas, filmes como Minority Report, dirigido por Steven Spielberg, fizeram a cabeça das pessoas exibindo um mundo em 2054 no qual a polícia de Washington conseguia prever crimes graças a humanos mutantes. Além disso, existiam equipamentos como luvas interativas, reconhecimento facial e de íris, carros conectados e muitas outras coisas em que, na época de seu lançamento, em 2002, era difícil de acreditar.

Mesmo hoje, muitas das tecnologias nas telas parecem distantes do nosso cotidiano, como o Olho de Deus da franquia Velozes e Furiosos, que permite identificar pessoas em milésimos de segundo em uma megalópole nos Estados Unidos.

Internet das CoisasA Internet das Coisas pode ser uma ferramenta de monitoramento

 No filme, rapidamente é possível encontrar um rosto em uma cidade utilizando o conceito de Inteligência Artificial das Coisas (AIoT) através de qualquer câmera.

 Aos poucos, várias dessas coisas já se tornaram realidade ou estão prestes a transformar a ficção no nosso dia a dia. Para que isso seja possível, existem diversas empresas executando anos de estudos, testes e colocando-os em prática.

Ficção na prática

Uma das companhias que vêm se destacando mundialmente por sua incrível capacidade em AIoT Surveillance Solution ou Inteligência Artificial das Coisas com Foco em Soluções de Videomonitoramento é a multinacional Dahua Technology. 

 A marca explica que oferece recursos de AIoT para cidades e grandes empresas, agregando valor à Internet das Coisas (IoT) através de sistemas ultramodernos compostos por algoritmos capazes de identificar pessoas, animais, objetos, cores, emoções, vestimentas, placas de carro e até mesmo prever potenciais crimes. 

 A empresa seria uma “Apple das câmeras de segurança eletrônicas inteligentes”. Seus produtos estão presentes em mais de 180 países; logo, a dedicação para isso não foi pouca, sendo reconhecida globalmente por seus estudos no setor e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Foram investidos 400 milhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento, trazendo a sua experiência a momentos nos quais a segurança é fundamental — nas Olimpíadas do Rio de Janeiro e em grandes arenas, como o Allianz Parque, por exemplo. 

 Sistemas de reconhecimento facial com algoritmos inteligentes passaram a auxiliar autoridades públicas em diversas situações, inclusive no combate à criminalidade. Um exemplo é a Heart of City, tecnologia da Dahua Technology que utiliza inteligência artificial com o objetivo de monitorar suspeitos, comportamentos e carros roubados em uma cidade inteligente, trabalhando de modo muito parecido com o Olho de Deus do filme Velozes e Furiosos.

 Essa tecnologia permite prever crimes graças ao apoio de machine learning. Em uma cidade como São Paulo, seria humanamente impossível visualizar milhares de câmeras, mas a inteligência artificial é capaz de tornar isso realidade e trazer tranquilidade a todos. Pesquisas realizadas na Ásia apontam que cidades seguras podem ter um crescimento em seu Produto Interno Bruto (PIB) que ultrapassa dois dígitos.

 Contenção de doenças

 Sabemos que um dos principais sintomas da covid-19 é a febre e que a detecção precoce da doença é a maneira mais eficaz de evitar a disseminação do vírus, principalmente em ambientes corporativos ou comerciais. É nesse sentido que o uso de câmeras térmicas para medição de temperatura corporal em massa vem auxiliando empresas e organizações que não podem parar as suas atividades em um momento de quarentena. A câmera térmica com IA da Dahua Technology, em conjunto com um calibrador (blackbody) de alta precisão, é capaz de medir em apenas 3 minutos 500 indivíduos, enquanto um termômetro do tipo pistola levaria mais de 30 minutos.

 O calibrador de alta precisão evita qualquer tipo de variável que possa alterar a temperatura do corpo, como iluminação forte, ar-condicionado, luz do Sol e outros fatores — além disso, não emite radiação que comprometa a saúde.

 Outra opção muito adotada em shoppings no período pós-quarentena é a contagem de pessoas 3D, realizada por câmeras especiais instaladas nas portas de entrada e de saída do local. Se a capacidade máxima é alcançada, a central emite automaticamente um alerta ao gerente operacional da segurança e um monitor informa aos frequentadores do shopping que a capacidade do local está esgotada temporariamente. 

 Certamente, o “novo normal” poderá ser menos impactante caso essas tecnologias sejam implementadas. O Aeroporto Internacional de São Paulo e o Metrô de Salvador já estão utilizando as câmeras térmicas da Dahua Technology, tendo a AIoT como aliada na proteção dos passageiros.

 Essa tecnologia também permite o monitoramento de florestas com alto índice de queimadas, postos de gasolina, grandes áreas com zero iluminação e proteção de animais em rodovias com baixo índice de visibilidade. 

 Galeria 1

Quais são os diferenciais de uma câmera Dahua Technology?

 Uma das dúvidas que mais prendem o público neste momento é a real diferença entre uma câmera da Dahua Technology, multinacional privada líder na área de tecnologia AIoT Surveillance Solution, e os dispositivos encontrados em grandes centros de tecnologia popular, como Santa Efigênia, em São Paulo. 

 Imagine que você queira sair para um passeio até a casa de uma tia em Itatiba (SP). A melhor solução é usar o seu carro confortável e de boa qualidade, que seria o equivalente a uma câmera tradicional encontrada em grandes varejos. Mas se você precisar ganhar uma corrida de Fórmula 1 não há outra solução que não seja utilizar um veículo de alta performance e tecnologia, que aqui seria um produto da Dahua Technology. 

Câmeras de segurançaDiferença entre as câmeras de segurança

 A Dahua Technology é uma multinacional que atua somente em grandes projetos, porém há marcas brasileiras que podem atender à necessidade de instaladores com total qualidade e segurança. Segundo a companhia, são produzidas anualmente cerca de 12 milhões de câmeras, centenas de drones industriais customizados e milhares de metros de painéis de LED de ultradefinição cuja qualidade já foi aprovada por grandes instituições e prêmios de design no mundo. 

 O sistema de reconhecimento facial, avaliado pelo órgão norte-americano National Institute of Standards (NIST), foi eleito um dos dez melhores do mundo. Atualmente, a empresa atua no Brasil com foco exclusivo em grandes projetos em AIoT Surveillance Solution em bancos, varejistas, rodovias, transportes, aeroportos, portos, estádios e cidades inteligentes. 

 Se há 20 anos as inovações citadas neste texto pareciam inimagináveis, hoje, com todos os números e o alcance da empresa, a Dahua Technology mostra que a ficção não está longe da realidade — e que o futuro finalmente chegou.

O segredo das câmeras de segurança do futuro