'Embarque Seguro' em aeroportos identifica passageiro por selfie

1 min de leitura
Imagem de: 'Embarque Seguro' em aeroportos identifica passageiro por selfie
Imagem: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil
Avatar do autor

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e o Ministério da Infraestrutura estão desenvolvendo um novo sistema de biometria em aeroportos brasileiros para acelerar e tornar mais seguro o embarque de passageiros.

O projeto é chamado de Embarque Seguro de Passageiros e terá o piloto lançado ainda em 2020. Basicamente, ele dispensa a apresentação de qualquer documento de identificação e consegue fazer o pareamento a partir de fotos tiradas do passageiro por câmeras instaladas em pontos estratégicos do aeroporto, como a área restrita aos passageiros e a fila de embarque.

O software, que é desenvolvido pelo Serpro, permite o cruzamento de dados pessoais do passageiro com outras bases de dados nacionais e internacionais — inclusive para identificar fugitivos, por exemplo. De acordo com o site Mobiletime, até mesmo o cartão de embarque passará a ser de responsabilidade do Governo Federal, a partir de um QR Code.

Medidas

Vale lembrar que, por causa da covid-19, novas medidas de segurança que nada tem a ver com o Embarque Seguro já foram implementadas em aeroportos brasileiros. Elas incluem o monitoramento da temperatura dos passageiros e a possibilidade de agências estaduais realizarem os próprios procedimentos de verificação de sintomas em áreas de circulação comum.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
'Embarque Seguro' em aeroportos identifica passageiro por selfie