Chrome OS está mais perto de ter o Steam graças ao Linux

1 min de leitura
Imagem de: Chrome OS está mais perto de ter o Steam graças ao Linux
Imagem: Steam
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A loja e plataforma de games Steam, da Valve, está cada vez mais perto de funcionar de forma oficial no Chrome OS. Novos arquivos foram encontrados no código do sistema operacional da Google, confirmando o andamento dos planos da empresa para deixar os modelos preparados para jogos.

Desde janeiro de 2020, essa possibilidade já era especulada. Agora, entretanto, o site 9 to 5 Google encontrou arquivos e códigos referentes à loja que confirmam o andamento desse processo e até como ele será possibilitado. Basicamente, a plataforma vai rodar no sistema graças ao Linux.

O motivo é que a Google utiliza uma espécie de máquina virtual dentro do Chrome OS que emula uma distribuição de Linux, permitindo a execução de certos aplicativos. O projeto atual é chamado internamente de "Crostini", funciona a partir de Debian, mas é considerada defasada.

Arquivos do Steam encontrados no Chrome OS graças à emulação de uma plataforma Linux.Arquivos do Steam encontrados no Chrome OS graças à emulação de uma plataforma Linux.Fonte:  9 to 5 Google 

A novidade, batizada de "Borealis", terá como fundação o Ubuntu e vai integrar ainda mais a experiência desktop para usuários — inclusive suportando jogos fora do Steam, mas que foram construídos em versão para Linux.

Com o Steam rodando a partir do Linux emulado, Chromebooks com processador Intel de 10ª Geração serão os primeiros a receber o suporte da loja. Ainda não é possível saber se modelos já no mercado serão capazes de suportar a plataforma e quais chips da AMD entram na lista, mas a movimentação confirma que a Google pode lançar laptops capazes rodar jogos mais pesados.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Chrome OS está mais perto de ter o Steam graças ao Linux