WhatsApp Pagamentos é liberado pelo Cade, mas não pelo Banco Central

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp Pagamentos é liberado pelo Cade, mas não pelo Banco Central
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

No fim da tarde de ontem (30), a Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) revogou a medida que impedia a parceria do Facebook com a Cielo, dando sinal verde, assim, ao funcionamento do WhatsApp Pagamentos no Brasil. Entretanto, o serviço continua suspenso, uma vez que o Banco Central mantém o posicionamento.

A decisão foi tomada após as empresas envolvidas apresentarem novas informações a respeito do acordo. Com base nos dados fornecidos, a entidade considerou que a novidade possibilita a participação de outros agentes do setor – não havendo limitações impostas a empresas que pretendam ofertar serviços semelhantes.

Banco Central mantém posicionamento.Banco Central mantém posicionamento.Fonte:  Reprodução 

Incentivos variados também foram considerados pela instituição, que analisou, por exemplo, a possibilidade de a Cielo prejudicar parcerias em vigência, favorecendo o Facebook, e da exclusividade da solução entre as duas companhias. Nada foi constatado.

“Desse modo, as informações apresentadas à SG após a adoção da medida cautelar reduzem a possibilidade de uma situação de iminência de produção de dano irreparável ou de difícil reparação nos mercados afetados, especialmente no mercado nacional de credenciamento e captura de transações”, declarou.

De qualquer forma, empecilhos para a viabilização do serviço ainda existem, cabendo, agora, ao Banco Central se pronunciar.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
WhatsApp Pagamentos é liberado pelo Cade, mas não pelo Banco Central