Microsoft lança o Fluid Framework: um Google Docs turbinado

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft lança o Fluid Framework: um Google Docs turbinado
Avatar do autor

Durante sua conferência para desenvolvedores, a Build 2020, que teve início na última terça-feira (19), a Microsoft anunciou oficialmente o Fluid Framework; uma plataforma de colaboração em equipe parecida com o Google Docs, que permite que várias pessoas editem e atualizem arquivos (textos, planilhas, tabelas, etc.) diretamente, sem o uso de aplicativos externos.

A companhia já vinha falando do Fluid desde o ano passado, como podemos ver logo abaixo, em um vídeo promocional da ferramenta, lançado no último mês de novembro.

O Fluid permite a edição de quaisquer tipos de arquivos, online, em tempo real e sem a necessidade de ficar alternando entre os aplicativos relacionados. A plataforma é ideal para empresas e equipes de trabalho por suportar a colaboração simultânea de várias pessoas, por meio de blocos dinâmicos que podem ser adicionados, inclusive, a emails, bate-papos e outros. Cada colaborador terá seu próprio avatar, para que seja facilmente identificado.

Fonte: Microsoft/DivulgaçãoFonte: Microsoft/DivulgaçãoFonte:  Microsoft 

Apesar de seu funcionamento ser bastante parecido com o Google Docs, alguns especialistas acham que a ferramenta da Microsoft pode até superar a da Google. De acordo com Jon Friedman, vice-presidente corporativo de design e pesquisa da Microsoft, até 100 colaboradores podem trabalhar no Fluid em um mesmo arquivo, ao mesmo tempo, sem perda de desempenho.

O Fluid será liberado aos poucos, e introduzido a outras ferramentas da Microsoft, como o Office.com e o Outlook. Até o final do ano, ele deve ser implementado ao Outlook para desktop e ao Microsoft Teams.

O mais incrível é que a plataforma possui código aberto, para permitir que outros desenvolvedores possam sugerir melhorias.

Microsoft lança o Fluid Framework: um Google Docs turbinado