Microsoft acaba com uso abusivo do 'Responder a todos' em emails

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft acaba com uso abusivo do 'Responder a todos' em emails
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

A Microsoft iniciou a implementação de um recurso que vai eliminar um grande problema de quem depende muito de emails para a vida pessoal e profissional. A companhia ativou neste final de semana o recurso Reply-All Storm Protection, uma função que bloqueia conversas que estejam sobrecarregadas de mensagens e destinatários, que enviam muitas mensagens em um mesmo tópico usando o botão de "Responder a todos".

O sistema detecta uma "tempestade de mensagens" em conversas que envolvem ao menos dez envios a mais de 5 mil pessoas de uma vez dentro de uma hora. Se esse pré-requisito for cumprido, o tópico será bloqueado por quatro horas.

A ideia é convencer os usuários de que, em alguns casos, talvez seja melhor responder apenas ao usuário que enviou o recado ou a um número menor de pessoas para não sobrecarregar caixas de entrada.

A janela aparece para usuários que extrapolam o limite de encaminhamentos.A janela aparece para usuários que extrapolam o limite de encaminhamentos.Fonte:  Microsoft 

A mensagem acima será exibida para os participantes, tendo como objetivo conscientizar os usuários a respeito de encaminhamentos massivos. A ideia da Microsoft é refinar esse bloqueio com o tempo, aprendendo aos poucos o comportamento do usuário e eventualmente flexibilizando a punição. Inicialmente, a plataforma foi anunciada durante a última edição do Ignite, em 2019.

Vale lembrar que, por enquanto, a novidade será restrita aos donos de contas Office 365 a partir do serviço Exchange Online — o Outlook.com, que é o serviço de emails não-corporativo da empresa, ainda não tem previsão para receber o recurso.

Predição de texto

Em paralelo, a Microsoft anunciou nesta segunda-feira (11) que o serviço de emails Outlook vai receber uma função que já existe no concorrente Gmail: um recurso de autocompletar que faz "previsões" e dá ao usuário sugestões sobre que texto escrever — algo que leva em conta tanto o formato da mensagem original quanto algumas palavras-chave, deixando mensagens corporativas mais formais, por exemplo. Segundo o The Verge, a função deve ser implementada ainda em maio de 2020.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Microsoft acaba com uso abusivo do 'Responder a todos' em emails