Google Chrome vai bloquear downloads inseguros a partir deste ano

1 min de leitura
Imagem de: Google Chrome vai bloquear downloads inseguros a partir deste ano
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Google informou que, a partir deste ano, o Chrome vai bloquear todos os downloads inseguros provenientes de páginas seguras (são os downloads que usam protocolo não HTTPS em páginas HTTPS). No ano passado, a companhia iniciou um plano para reduzir o acesso a sub-recursos inseguros em páginas seguras. O objetivo é forçar, gradativamente, os desenvolvedores a migrar todos os sub-recursos de páginas HTTPS para que utilizem o mesmo protocolo seguro.

Bloqueio será gradativo

O Chrome vai começar a emitir avisos sobre downloads inseguros a partir da versão 82, prevista para ser lançada em abril. Na versão posterior (83), os tipos de arquivos que entraram na lista de avisos na versão anterior (82) serão bloqueados e, assim, sucessivamente, até a versão 86, que será lançada em outubro, e já deverá bloquear todos os principais tipos de arquivos.

Observe o cronograma criado pela Google logo abaixo. Na primeira linha (de cima) estão as versões do Chrome, enquanto na primeira coluna (à esquerda) estão os tipos de arquivos. No meio da tabela, consta a partir de qual versão começam os avisos (Warn) e o bloqueios (Block).

Cronograma de mudanças no Chrome, versão a versão. (Fonte: Google Blog)

O cronograma acima se refere ao Chrome para desktop, nas plataformas Windows, macOS, Chrome OS e Linux.

Versões móveis com atraso de uma versão

Como os sistemas para smartphones e tablets já são, nativamente, mais restritos (e seguros), os avisos e bloqueios dos downloads inseguros começarão uma versão após a versão desktop. Isso significa que a mudança no Chrome para iOS e Android só começa a partir da versão 83.

A Google disse que a medida visa promover mais segurança e privacidade no uso na internet, já que downloads inseguros podem ser utilizados por hackers para disseminar malwares.

O cronograma de avisos e bloqueios será gradativo para que os usuários se acostumem com as mensagens ao longo do tempo, além de permitir que os desenvolvedores tenham tempo de se adequar ao protocolo.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google Chrome vai bloquear downloads inseguros a partir deste ano