Pesquisa: WhatsApp é principal meio de informação dos brasileiros

1 min de leitura
Imagem de: Pesquisa: WhatsApp é principal meio de informação dos brasileiros
Avatar do autor

Uma pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e o Senado, com 2.400 pessoas com acesso à internet, revelou que grande parte dos brasileiros trocou as fontes de informação tradicionais pela informalidade das redes sociais. Neste sentido, quem sai na frente é o WhatsApp. O aplicativo é usado como fonte de informação por 79% dos entrevistados.

A plataforma é, ao lado do Facebook, a "rede social" mais popular no país, com mais de 136 milhões de usuários.

Fonte: Pixabay/Reprodução

Redes sociais x sites de notícias

Depois do WhatsApp, os brasileiros dividem a preferência de suas fontes de informação entre outras redes sociais e as mídias tradicionais, mas, considerando apenas a internet, os sites de notícias ficam atrás do YouTube e Facebook.

Esses são os veículos de informação mais usados pelos brasileiros e sua porcentagem de preferência:

A pesquisa também informa os dados de utilização dessas fontes em relação à idade. Os mais velhos preferem se informar por meio da TV. É o caso de 67% dos entrevistados com mais de 60 anos, contra 40% na faixa entre 16 a 29 anos.

Entre os jovens, entre 16 a 29 anos, a plataforma mais popular é o YouTube, com a preferência de 55% dos consultados. O índice cai para 31% entre os que possuem mais de 60 anos

Essa diferença de idade é percebida com maior impacto no uso do Instagram: enquanto a rede é usada por 41% entre os mais jovens, apenas 9% entre os mais velhos disseram se informar pelo app.

Em relação à interação dos entrevistas nas redes sociais, a atividade mais popular é a curtida de publicações, que é realizada por 41% deles. Logo após, estão o compartilhamento (20%), publicação (19%) e comentários em publicações de terceiros (15%).

A pesquisa, realizada no mês de outubro, abrangeu todos os estados e mais o Distrito Federal. Os responsáveis informaram que ela possui nível de confiança de 95%, com margem de erro de 2% para mais ou para menos.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Pesquisa: WhatsApp é principal meio de informação dos brasileiros