Titanic é registrado pela 1ª vez em 4K; veja como ele está hoje

1 min de leitura
Imagem de: Titanic é registrado pela 1ª vez em 4K; veja como ele está hoje
Avatar do autor

Novas imagens do Titanic foram feitas no início do mês durante uma expedição marinha. Os restos do transatlântico foram registrados pela primeira vez em 4K, com o uso de câmeras especiais. Ao todo foram necessários cinco mergulhos para que o explorador Victor Vescovo conseguisse as imagens.

O material será utilizado na produção de um documentário da Atlantic Productions, sem data de lançamento anunciada até o momento. Os registros foram feitos a 3,8 mil metros de profundidade no Oceano Atlântico, a aproximadamente 645 quilômetros da costa do Canadá.

Nas imagens é possível ver como o navio está em estágio bem avançado de deterioração devido à ação de bactérias. A Triton Submarines, empresa responsável por construir o submarino que viabilizou a obtenção das imagens, divulgou uma nota destacando a importância do material: "Essas imagens ajudarão a avaliar a condição atual do navio e projetar seu futuro, além de possibilitar a visualização do naufrágio usando realidade aumentada e tecnologia de realidade virtual".

É possível ver parte das filmagens no vídeo abaixo:

Quatorze anos depois

A última vez que uma expedição tripulada obteve imagens do Titanic foi em 2005. Em 2010, robôs autônomos mapearam o local e, 2 anos depois, os destroços passaram a ser protegidos pela Unesco.

O Titanic naufragou durante sua viagem inaugural, no dia 15 de abril de 1912. Cerca de 1,5 mil pessoas morreram devido ao naufrágio do navio, que partiu de Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Titanic é registrado pela 1ª vez em 4K; veja como ele está hoje