HarmonyOS pode fazer estreia em smartphones no Huawei Mate Lite 30

1 min de leitura
Imagem de: HarmonyOS pode fazer estreia em smartphones no Huawei Mate Lite 30
Avatar do autor

O sistema operacional HarmonyOS, apresentado pela Huawei em sua conferência para desenvolvedores, estreará em TVs inteligentes da submarca Honor, mas poderá acabar chegando aos smartphones mais cedo do que imaginávamos. De acordo com rumores vindos da China, a fabricante pretende lançar o potencial substituto do Android com o celular intermediário Huawei Mate 30 Lite.

Segundo especulações que apareceram durante a semana, a companhia poderá apresentar o primeiro dispositivo com o sistema operacional — antes conhecido como HongMeng OS — no evento de lançamento dos smartphones da linha Mate. Na segunda metade do ano, a firma costuma apresentar dois dispositivos top de linha com a marca e mais um para atuar no segmento intermediário.

De acordo com vazamentos replicados pelo Gizchina, a firma vai lançar duas versões do Mate 30 Lite, uma com Android e outra com o HarmonyOS. A edição trazendo o sistema operacional original seria lançada apenas na China. A expectativa é que a Huawei realize o evento de apresentação dos novos smartphones na metade de setembro.

Plano B

O Mate 30 Lite chegaria com a missão de ajudar a popularizar o sistema operacional da Huawei, já que tem um preço mais em conta do que os modelos mais potentes da linha. Como o HarmonyOS tem uma base diferente de soluções populares como o Android, os desenvolvedores terão que migrar seus aplicativos para a nova plataforma.

(Fonte: Huawei/Twitter)

Segundo a fabricante chinesa, o sistema operacional foi desenvolvido para funcionar em diversos dispositivos e permite que os desenvolvedores criem aplicativos apenas uma vez, com a possibilidade de migrar facilmente o conteúdo para outros aparelhos compatíveis.

Na conferência HDC 2019, o CEO da Huawei Consumer Business Group, Richard Yu, disse que o HarmonyOS pode ser usado para substituir o Android, mas isso não deverá acontecer tão cedo. Caso as tensões com os Estados Unidos continuem, porém, a empresa tem a opção de colocar seu "plano B" em ação.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
HarmonyOS pode fazer estreia em smartphones no Huawei Mate Lite 30