O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza o Seminário 10 anos do Linux na Urna na próxima quarta-feira (29). Profissionais, estudantes, servidores e colaboradores da área de Tecnologia da Informação já podem fazer inscrições para o evento que acontece no Auditório I da Corte, em Brasília, das 16h às 18h.

A nova plataforma de software que passou a ser utilizada foi batizada de Uenux

Desde 2009, todas as urnas eletrônicas utilizam sistema operacional Linux. “A medida representou um grande avanço, uma vez que todo o conjunto de software da urna foi reconstruído para o novo sistema operacional que seria utilizado a partir de então”, afirma o TSE.

De acordo com o Tribunal, a implementação do kernel do Linux veio acompanhada do desenvolvimento de drivers, bibliotecas e aplicativos da urna. “A nova plataforma de software que passou a ser utilizada foi batizada de Uenux, uma junção de urna eletrônica com o Linux”, disse.

O TSE afirma que o Uenux é um marco, já que a Justiça Eleitoral passou a ter o domínio completo do software urna, promovendo “estabilidade, a segurança e a auditabilidade”.